12.6.21

ASSIM SERÁ

 


Deito todo o meu cansaço
no colo da noite escura e fria .
Levo na bagagem milenar do espírito
apenas esta foto
e o peso de tua ausência.
Procuro-te em vão
pelos cantos do silêncio
que sublima e sensibiliza
ainda mais o meu viver.
Eu juro!
Qualquer dia te encontro
entro na tua vida
penetro a tua pele
e seja como for
circulo para sempre
pelos vasos sanguíneos do teu corpo
contaminando-te com o meu amor!

Shirley Brunelli Crestana


24 comentários:

Toninho disse...

Assim será para festa e alegria do coração.
Belo e profundo sentimento de encontro.
A ausência é uma corrosão no sentimento.
Belo trabalho
Um bom domingo de feliz semana Shirley

Tais Luso disse...

Como sempre, maravilhosa, querida Shirley!
Deixei no meu blog um bem-vinda pra você!
Beijos!

Roselia Bezerra disse...

Boa noite de sábado, querida Shirley!
Reencontrei você no blog da Taís.
Quando uma amiga antiga volta é uma festa no virtual.
A melhor das contaminações: o Amor.
Seja feliz e abençoada!
Beijinhos fraternos de paz e bem

Mário Margaride disse...

Boa noite, Shirley!
Muito Obrigado, pela visita e gentil comentário no meu cantinho.

A busca do amor ausente, é uma epopeia que absorve o vazio que existe em nós, na ânsia e na esperança de um dia o encontrar.

Lindo poema!

Votos de um excelente domingo.

Beijinhos!

Rajani Rehana disse...

Beautiful blog

Rajani Rehana disse...

Beautiful blog

Rajani Rehana disse...

Beautiful blog

Roselia Bezerra disse...

Obrigada pelo lindo comentário deixado no blog
Seja bem-vinda, querida!
Beijinhos fraternos de paz e bem

ValeriaC disse...

Bom dia, Shirley!
Que versos lindos, intensos, carregados da força do amor...
Estou retornando hoje a blogar outra vez, nos veremos, beijinhos e boa semana
Valéria

Maria Lucia (Centelha) disse...

Encantada com esse poema, cujo amor transcende o tempo e o espaço,para o grande e feliz encontro com o Ser amado.
Aplausos. Amei a poesia que evola das palavras.
Abraços.

Jorge Sader Filho disse...

Sempre encantadora, Shirley! Beijos e beijos!
Jorge

José Carlos Sant Anna disse...

Imagina, minha alegria, ao saber que você atravessou os semáforos da sua vida. Não perguntarei nada. Saiba que a minha alegria é imensa ao sabê-la outra vez ao meu lado para trocarmos impressões e brincarmos com as palavras.
Um beijo saudoso, risos!

José Carlos Sant Anna disse...

E sobre o poema? Nenhuma palavra?
Me pareceu tão confessional que não quis quebrar esta aura.
Beijo,

Jorge Sader Filho disse...

Gosto de tudo isso, Shirley! Sia volta, sua paixão, sua vida! Não poderia ser diferente! Que o Olimpo diga sim!
Beijo,
Jorge.

Maria Rodrigues disse...

Palavras plenas de um amor profundo num belíssimo poema
Beijinhos

CÉU disse...

Oi, Shirley, como vai você? Que saudade!

Que bom que você voltou à blogosfera! Já tinha pensado em você imensas vezes, mas seu blog não estava atualizado.

Continua linda e elegante como nas fotos que têm na lateral direita de seu blog? Que maravilha!

Bem, quanto aos seus poemas, você é uma poetisa por inteiro e sabe escrever com alma.

Seu poema está ótimo. Acho bem que entre na vida da pessoa amada, quer ela queira, quer ela não queira. Isso! O contamine com o seu amor e não há vacina ainda para esse atitude (rs).

Beijos e boa semana. Apareça, querida! Obrigada!

Jorge Sader Filho disse...

O amor é assim, querida Shirley! Saudades, beijo intenso!
Jorge

Jorge Sader Filho disse...

Eu sempre procuro as velhas amizades, querida Shirley!
Beijo,
Jorge

manuela barroso disse...

Há quanto tempo Shirley!
E à chegada um poema tão lírico, tão belo onde a nostalgia é a nota dominante
Um beijinho
Bom te ver!

Mário Margaride disse...

Olá, amiga!
Muito Obrigado pela visita e gentil comentário.
É sempre um prazer recebê-la aqui no meu cantinho.
Belo poema aqui nos presenteia.

Há sempre um vazio enorme em nós, na ausência de quem amamos. Mas dentro de nós, ficam as boas recordações.

Parabéns!

Beijinhos e feliz semana!

Jaime Portela disse...

Um poema fantástico.
Você continua imparável, com o seu talento e inspiração.
Bom fim de semana, querida amiga Shirley.
Beijo.

" R y k @ r d o " disse...

O amor é lindo. Vivê-lo é sublime. Poema fascinante

Cumprimentos poéticos
Feliz fim de semana

lua singular disse...

Oi Shirley,
Que bela poesia
Mama mia se escrevesse como você.
Beijos
Lua Singular

Lua Singular disse...

Oi Shirley,

Que maravilha de amor
Beijos
Lua Singular