CLICK HERE FOR BLOGGER TEMPLATES AND MYSPACE LAYOUTS »

SINO DO VENTO

Nº DE ACESSOS DESDE 22/11/2010

contador de visitas

NEFERTITI

NEFERTITI

Amigos Caminhantes

POSTAGENS RECENTES

KYPHI PARA ILUMINAR OS SONHOS

KYPHI PARA ILUMINAR OS SONHOS
incenso egípcio

ASFALTO DAS HORAS RECEBEU O SELO DA VEJABLOG - OS MELHORES BLOGS DO BRASIL

ASFALTO DAS HORAS FAZ PARTE DOS MELHORES BLOGS CULTURAIS

http://meublogtemconteudo.blogspot.com/
Obrigada por visitar e comentar as postagens

CADASTRE-SE E RECEBA AS ATUALIZAÇÕES NO SEU E-MAIL

Seu e-mail:

Delivered by FeedBurner

3 de janeiro de 2016

APELO


Poetas mortos
venham intuir-me
desejo escrever um poema
magneticamente leve
feito estrela nômade
que desvende em detalhes inéditos
o significado do amor.
Um poema insólito
que revele o idioma das flores e do vento
e emane a fragrância do mel e da ternura
só um poema
apenas um...
Que não seja como este
sem sal e sem pimenta
sem mérito algum...


Shirley Brunelli Crestana

43 COMENTE AQUI:

Arnaldo Leles disse...

Pra mim está no ponto!

Cidália Ferreira disse...

Mas está lindo e com mérito!

Beijo, bom Domingo.
http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

Patrícia Pinna disse...

Boa tarde, Shirley. Falas do próprio poema, belíssimo.
Este está lindo, nem sempre conseguimos falar de amor, a nossa alma não consegue, ou se sim, fala mas não vive, e viver é fundamental.
Parabéns por mais um lindo e compacto poema que sempre diz TUDOOOOO!
Desejo um excelente 2016 com muita paz, amor, luz, saúde e fé!
Beijos na alma!

Fábio Murilo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Fábio Murilo disse...

Feliz Ano Novo, Shirley!

Fábio Murilo disse...

Significado... O amor não tem significados, não se acha, no mais das vezes somos achados, quando menos se espera. É uma incógnita, uma porta entreaberta, é uma passagem estreita, uma avenida. Só a ele cabe seus caminhos e descaminhos. Sem lógica possível e inimaginável.

Ivone disse...

Que linda inspiração em busca da inspiração, pois é, tens todo o mérito e está perfeito, bem assim, saiu algo inédito!
Abraços linda poetisa, a alma sempre sabe o que sentir e passar assim em versos!

Magia da Inês disse...



Feliz 2016!!!
Cheiinho de tudo de bom!♩♫ه° ·.
❤ه° ·.

Jorge disse...

Shirley,
Este poema é como você, lindo demais...

Laura Santos disse...

Um Apelo tão desnecessário do ponto de vista concreto, já que o poema é primoroso, e adorei o final, do qual discordo do ponto de vista de uma avaliação, mas posso concordar do ponto de vista da excelência poética. :-)
Maravilha, Shirley!
Com domingo e um ano feliz!
xx

Guaraciaba Perides disse...

OI, Shirley..."ainda que eu falasse a língua dos Anjos sem Amor eu nada seria"
Então minha querida o mais belo poema, o fundamental, o definitivo somente
pelo amor será sentido...mas pode-se tentar como você o fez lindamente...suscitando o a origem do nosso querer.
um abraço

Pedro Luso disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Pedro Luso disse...

Olá Shirley,

Esse poema que você busca, buscam todos os poetas. E enquanto esperam escrevem os poemas que lhes saem da alma; das suas lembranças, arrancadas das lonjuras do tempo; também cantam os perfumes das flores, como está em seu poema.

Que você tenha muita saúde, amor e paz neste ano que está se iniciando.

Abraços.

karin rosenkranz disse...

Feliz año nuevo!!! hermoso poema!

Toninho disse...

Olá Shirley, um inicio de ano maravilhoso para voce com suas belas inspirações a nos inspirar.
Lembrei de Milton Nascimento onde ele diz:
"- Eu preparo uma canção,que faça acordar os homens e adormecer as crianças."
Assim é você com seu belo poema pronto para falar desta angustia que as vezes acomete os poetas na busca da perfeição. Eis ele pronto e perfeito.
Que bom estar aqui mais um ano.
Carinhoso abraço e beijo de paz amiga.
Seguimos nesta viagem com prazer.
Feliz 2016 de poesia.

Elisabete disse...

Um apelo à inspiração, mas olhe que o seu poema ficou uma maravilha.
Bom ano 2016!

Daniel Costa disse...

Shirley, tens aqui um inicio de ano, na senda da habitual inspiração poética. Gostei bem do poema.
Feliz Ano de 2016

Manuel Luis disse...

Um bom inicio poético.
Votos de um excelente Ano Novo.
Bj

Rita Sperchi disse...

Bom mês de janeiro olha eu aqui de
volta espero que tenha sido bom para
todos a alegria das festas, estaremos juntos
para que nossa amizade seja sempre de muita paz
Agradecendo a Deus por tudo.

Abraços com carinho!

└──●► *Rita!!

Henrique Antunes Ferreira disse...

Shirleylindamiga




Penso que estou vivo… Depois das malandrices com que o Google me brindou, fui para o SAPO.

Só para te dar uma ideia do que se passou e continuo a não entender, depois de ter pedido por várias vezes esclarecimentos. O gajo REMOVEU os meus blogues e imeiles. Assim perdi mais de 1 300 endereços e 13 anos de trabalho. Obviamente vou recorrer aos tribunais!

Os meus novos dados são:
http://atravessadoferreira.blogs.sapo.pt
henrique20091941@sapo.pt

Espero (e desejo) que me visites e comentes como anteriormente fazias. Muito obrigado

Qjs do Leãozão

Rakel disse...

lovely post!

http://www.alovelystyle.com/

Jaime Portela disse...

Não concordo nada contigo, pois o mérito deste poema em particular e da tua poesia em geral é por demais evidente.
Excelente, gostei imenso.
Bom resto de semana, querida amiga Shirley.
Beijo.

Marina Fligueira disse...

¡Ay querida Shirley! Que poema tan bello, amiga: tiene la sensibilidad del poeta que escribe con el alma en la mano y la dulzura en los labios. No me quedan palabras para expresar la belleza que le envuelve.

Mi enhorabuena, Shirley.
Ha sido y es siempre un inmenso placer leerte.
Te dejo mi gratitud y mi estima
Un abrazo y feliz año.

Por motivos de salud no he pasado antes.

Cristina Sousa disse...

Olá Shirley, excelente.
Gostei muito
Beijinho e bom fim de semana

Ghost e Bindi disse...

Que o ano seja bom para todos nós...em especial para os poetas, pois nunca o mundo precisou tanto de ternura e leveza como agora.
Não sei se são os desencarnados que lhe inspiram, mas com certeza só um coração sintonizado com o amor perceberá as inspirações de amor, e o seu coração que anseia fazer o bem, vibra em sintonia com as forças benignas do universo.
Um grande abraço!
Bíndi e GHost

Tais Luso disse...

Isso que bate em nós é a 'síndrome do vazio', querida Shirley! Bate uma ansiedade, parece que nunca mais nada virá de inspiração. O certo é não darmos bola, uma hora pinta tudo novamente.
Mas... a 'síndrome do vazio' deu poema, amiga!!! rss
Grande beijo!!!

ReltiH disse...

TUS LETRAS ME INSPIRAN!!!
ABRAZOS

Antonio Batalha disse...

Neste novo ano estou a tentar visitar todos os amigos da Verdade Em Poesia afim de lhes desejar um 2016 muito feliz cheio de grandes vitórias e muita saúde e Paz.
António.
Ps. Tive de seguir novamente pois estava sem foto.

Manuel disse...

A veces es bueno que las cosas estén poco salpimentada, así se nota más el sabor puro de las cosas.
Muy bonito.
Un abrazo, y que este nuevo año te sea pródigo en salud, felicidad y bien estar.

Só pra você disse...

Olá Shirley, muito tempo que não venho conversar com você. Em primeiro lugar, um òtimo ano para você e sua poesia. Eu andei meio distante da poesia, para criar é preciso estar cheia de sentimento e por isso apareci, para me encher desse sentimento que somente uma poesia assim pode fazer. Parabéns pelo livro publicado e que venha muitos. Abraços querida!

Auxiliadora RS

Graça Pires disse...

E os poetas virão pegar-lhe nas mãos para que as palavras nunca se façam esquivas em sua voz...
Um beijo.

O Árabe disse...

Ambicioso apelo, Shirley, pois o Amor é infinitamente complexo. Mas você bem o sabe, pela maestria com que o retrata em seus belos poemas! Boa semana.

BETONICOU disse...

Oi SHIRLEY ! Em primeiro lugar , meus agradecimentos por visitar meu humilde espaço !Bom quanto ao poema, Algum poeta que se foi já atendeu ao seu pedido , com tão belo escrito. Pequeno , mas grandioso ...temos postagens novas la em curvas, retas e esquinas ! beijos e abraços

Algodão Tão Doce disse...

As pessoas entram em nossa vida por acaso, mas não é por acaso que elas permanecem.
Obrigada querida pela presença amável!


Beijos Marie.

Vera Lúcia disse...


Olá queridoka,

Este desejo é o espelho de sua linda e iluminada inspiração poética, que dispensa qualquer intercessão da esfera espiritual.
Poema lindo e meritório.

Beijão.

Obrigada pela visita. Preciso ainda de um tempinho antes de retornar à blogosfera.

Jorge Sader Filho disse...

Quer escrever um poema melhor do que este, bela Shirley?
Creio não ser preciso, basta continuar assim!
Beijos

gota de vidro disse...


Mérito tem e muito. Um poema bem construído e com profundidade.

Sinceramente gostei. Sempre achei que escreves maravilhosamente

Beijinhos da Gota

Jaime Portela disse...

Gostei de reler o seu excelente poema.
Shirley, bom resto de semana.
Beijo.

Sor.Cecilia Codina Masachs disse...

Simplemente mi querida Shirley me ha encantado y a colación de dejo mi pensamiento.
NO TE DETENGAS

Aprende de quienes puedan enseñarte.
Las experiencias de quienes nos precedieron
de nuestros "poetas muertos", te ayudan a caminar por la vida
La sociedad de hoy somos nosotros: Los "poetas vivos".
No permitas que la vida pase por ti sin que la vivas...

Sor. Cecilia Codina Masachs
Le dejo un beso

GarçaReal disse...


Aqui todos os poemas têm sal e pimenta pois são sempre excepcionalmente bem condimentados e de rara beleza.

Bom fim de semana

Bjgrande do lago

Odete Ferreira disse...

É muito frequente termos a perceção de que o escrito tem pouco valor. Mas cabe ao leitor essa avaliação. E, ainda que te soe desinspirado, escreveste um bom poema!Depois, a eterna questão: boa ou má poesia? Para mim tudo é poesia, apenas o gosto pessoal difere.
Parabéns, querida!
Um ótimo 2016!
BJO :)

O Profeta disse...

Sou ilha perdida dentro de outra ilha
Filhos de um Deus que nos torna pequenos
Talvez sejas a fonte da minha saciação
Talvez esteja aprisionado este pobre coração

Esta minha insaciável sede para um regresso
Porque me perdi
Entre a frieza dos homens
Alimentei a alma de Ti

Bom fim de semana

Beijinho

Dorli Ramos disse...

Oi Shirley
Sem mérito?
Você não precisa inspiração de poetas mortos, pois para mim é uma excelente poetisa.
Seja como é
Beijos
Minicontista2