CLICK HERE FOR BLOGGER TEMPLATES AND MYSPACE LAYOUTS »

SINO DO VENTO

Nº DE ACESSOS DESDE 22/11/2010

contador de visitas

NEFERTITI

NEFERTITI

Amigos Caminhantes

POSTAGENS RECENTES

KYPHI PARA ILUMINAR OS SONHOS

KYPHI PARA ILUMINAR OS SONHOS
incenso egípcio

ASFALTO DAS HORAS RECEBEU O SELO DA VEJABLOG - OS MELHORES BLOGS DO BRASIL

ASFALTO DAS HORAS FAZ PARTE DOS MELHORES BLOGS CULTURAIS

http://meublogtemconteudo.blogspot.com/
Obrigada por visitar e comentar as postagens

CADASTRE-SE E RECEBA AS ATUALIZAÇÕES NO SEU E-MAIL

Seu e-mail:

Delivered by FeedBurner

1 de agosto de 2015

CONTEMPLANDO O VERDE


A luz dourada do entardecer
alumia e escorre
pelas leiras dos canaviais.
A terra quente
as plantas 
os pássaros
em uníssono
cantam com o vento
a canção da bem-aventurança
e do Amor Maior.
O coração 
saudoso e reverente
queda-se
diante das crenças
da imaginação
dos sonhos
e cansado da lida
exprime comoção
 nos olhos úmidos
 de tanta paz
  de tanta vida...


Shirley Brunelli Crestana

33 COMENTE AQUI:

Cidália Ferreira disse...

Fantástica inspiração! Gostei muito.

Beijinhos e um bom fim de semana.

http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

Dorli Ramos disse...

Bom dia querida,
Saudades
Linda postagem que nem sei o que escrever.
Beijos
Dorli

Célia Rangel disse...

A contemplação da natureza com olhos da alma sempre nos reenergiza preparando-nos para momentos felizes. Belo poema!
Abraço.

Rita Sperchi disse...

Olá td bem por aqui?
Voltando e fazendo a festa no meu Blog passe por la
ficarei feliz com sua visita, desejo um final de semana feliz
Abraços com meu carinho de sempre

└──●► *Rita!!

Mariangela do Lago Vieira disse...

E nada é mais gratificante do que esta contemplação, amiga.
Belíssimo poema, como sempre faz!
Beijos, e uma linda tarde de sábado!
Mariangela

Ivone disse...

Que lindo, amei o poema e o belo verde, a natureza sempre nos inspira e sai essas lindas poesias!
Abraços amiga Shirley!

Fábio Murilo disse...

A vida é um milagre cotidiano. Beijos!

Evandro L. Mezadri disse...

Sua obra nos remete que a vida é tão simples e nós a complicamos tanto, as vezes passamos despercebidos a momentos tão belos como os descritos por você.
Grande abraço, sucesso e ótimo final de semana!

Maria Teresa Valente disse...

Olá Shirley, és tu a esperança,
de que a natureza transborde em
bem-aventurança, pelo "Amor Maior.
Muito lindo seu olhar, obrigada,
abraços carinhosos
Maria Teresa

✿ chica disse...

Muito lindo! bjs tudo de bom,chica

Jorge Sader Filho disse...

Fui longe com essa, Shirley!
Beijo.

Tais Luso disse...

Olhando essa foto e lendo seu poema, me senti com o pé na estrada, e uma das nossas maiores necessidades nessa vida é caminhar em direção à paz.

Beijos, Shirley!

Toninho disse...

Contemplar é uma viagem dos olhos,
quando nossa sensibilidade aguça.
Há um momento mágico na natureza,
que é o entardecer, com sua fusão
de cores, preparação para reinado
da Lua e voltar os olhos para o campo
é refazer todos os movimentos do dia,
toda interação homem e natureza.
Muito bom Shirley.
Lindo domingo amiga e uma boa nova semana.
Carinhoso abraço.
Bju de paz.

Elisabete disse...

Amo o verde da natureza que retratou tão bem!
Bom domingo

gota de vidro disse...


Belíssimo poema e magnifica descrição do entardecer.

Obrigada por esta partilha

Bom domingo

Beijinho da Gota

gota de vidro disse...


Belíssimo poema e magnifica descrição do entardecer.

Obrigada por esta partilha

Bom domingo

Beijinho da Gota

Ane disse...

Ah,a natureza tem este poder,nos traz paz,renova as energias...
Lindo demais!
beijos!

Lúcia Bezerra de Paiva disse...

Contemplar o verde do canavial, brotando daí tão belo poema!
Minhas raízes, vem de belo engenho no nordeste: obrigada!

Guaraciaba Perides disse...

Oi, Shirley....é verdade, nada mai gratificante do que sentir e admirar a natureza.É a mais perfeita oração!
Um abraço e sempre a Paz Profunda!

As Mulheres 4estacoes disse...

Lindo poema! A natureza sempre é fonte de inspiração.

ReltiH disse...

LETRAS MARAVILLOSAS!!!!!
ABRAZOS

Rosa Carioca disse...

Gostei, como sempre!

Pedro Luso disse...

Shirley, sonhar é preciso, dizia o poeta. Você também fala do sonho, no seu poema.
Abraços.

O Árabe disse...

Assim é, Shirley: a natureza é um tesouro inesgotável de paz e encantamento, para aqueles que sabem olhar com olhos de ver! Belo texto, boa semana.

Maria Rodrigues disse...

Um poema tão belo como a natureza, tão suave como o sonho.
Beijinhos
Maria

tesco disse...

Vejo que a vida é bela
De exuberante beleza
Projetando nessa tela
O avanço da Natureza
De esfuziante pujança,
Cresce cresce e é criança!

Mesmo com olhos ingênuos
Quem tem olhos para ver
- Vamos conservar o gênio -
Não tem poder de deter
A marcha dos ideais
Ou trocar metas finais

Dentro das sombras, as almas
Dentro do vento, sirenas
Centro do tufão, a calma
Em meio a vida, as penas
Temos que viver assim
Tudo tintim por tintim

Observa com carinho
Com o olho bem atento
Que ninguém está sozinho
E ajusta o sentimento
Vida é luz, tudo combina
Ecco: Sorridi bambina!

Kisojn.

Lourdinha Vilela disse...

Gosto de me entardecer no campo, como se meus sentidos filtrassem o sol e me transformasse também em luz. Adorei bjs.

heretico disse...

serenidade e beleza que aqui se respira.

beijo

Dorli Ramos disse...

Oi Shirley,
É 1h e 6' e ainda não dormi
Comi um doce e passei mal
Bem feito pra mim, sou muito gulosa
Vou tentar dormir
Beijos

Graça Pires disse...

Gostei da "canção da bem-aventurança" cantada pelo vento. É o verão e a poesia, amiga.
Um beijo.

Arco-Íris de Frida disse...

A natureza é magica...inspira poemas belos como esse...

Beijos...

Henrique ANTUNES FERREIRA disse...

Shirleylindamiga

Cada vez que leio um poema teu dá-me vontade de estar ao pé de ti [mas sem más intenções...:-))))))] para te agradecer em pessoa pelos poemas tão belos que me (nos) ofereces. E só mais uma coisa: o verde é a cor da esperança...

Qjs do Leãozão

José Carlos Sant Anna disse...

As verdades de Platão, Shirley, são muitas. E estão todas certas.
Bom saber o que fizestes com os meus pensamentos, não sabia que tinhas as chaves deles.
Agora eles estão desnudos, mas não sentirão frio, pois você os acolherá no teu colo, agasalhando-os. É o que eu espero...
Um bom final de tarde para você também, minha querida Shirley!