CLICK HERE FOR BLOGGER TEMPLATES AND MYSPACE LAYOUTS »

SINO DO VENTO

Nº DE ACESSOS DESDE 22/11/2010

contador de visitas

NEFERTITI

NEFERTITI

Amigos Caminhantes

POSTAGENS RECENTES

KYPHI PARA ILUMINAR OS SONHOS

KYPHI PARA ILUMINAR OS SONHOS
incenso egípcio

ASFALTO DAS HORAS RECEBEU O SELO DA VEJABLOG - OS MELHORES BLOGS DO BRASIL

ASFALTO DAS HORAS FAZ PARTE DOS MELHORES BLOGS CULTURAIS

http://meublogtemconteudo.blogspot.com/
Obrigada por visitar e comentar as postagens

CADASTRE-SE E RECEBA AS ATUALIZAÇÕES NO SEU E-MAIL

Seu e-mail:

Delivered by FeedBurner

13 de junho de 2015

VIAGEM


Recosto-me
  nessa parede branca de silêncio
 sinto-me decidida e mansa
sem deixar
que do oceano de minha boca
jorre qualquer palavra.
Nessas horas abstratas
trago nos olhos a luz resignada
 proveniente das estrelas...
Por favor
detenham a órbita dos planetas
vigiem as esferas siderais
aquietem o nosso mundo
e deixem as mãos do tempo
apontarem o caminho
que me conduzirá lentamente
aos portais do templo
que desejo penetrar...


Shirley Brunelli Crestana

34 COMENTE AQUI:

✿ chica disse...

Essa é uma linda e esperada viagem! Beleza de poesia! bjs, chica

Cidália Ferreira disse...

Linda mensagem em poema

Bom sábado, beijinhos

http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

Elisabete disse...

Que seja uma viagem bonita!
Parabéns pelo prémio, é merecido.
Bjs

Francisco Manuel Carrajola Oliveira disse...

Um belo poema e que os portais do templo sejam encontrados.
Um abraço e bom Domingo.

GarçaReal disse...


Que os portais do templo sejam encontrados neste teu caminho de beleza como belo é o teu poema.

Lindoooo

Bom domingo

Bjgrande do Lago

Arnaldo Leles disse...

Que desejamos penetrar.

Guaraciaba Perides disse...

Oi, Shirley...um mágico instante do silêncio da alma disponibilizando-a para a iluminação, na imersão do um com o Todo, na completitude do Universo em nós. Um belo momento de difícil alcance.
Um abraço e paz profunda!

Eduardo Aleixo disse...

Belo o teu poema.também me junto à vontade do universo no seu fluir em que sou estrela e área e apareço na luz como flor de lótus.
Abraço.

Eduardo Aleixo disse...

Areia_ rectifico

Maria Teresa Valente disse...

Boa tarde Shirley, lindo, intenso e ao mesmo tempo suave.
Obrigada, abraços carinhosos
Maria Teresa

Ane disse...

Oi Shirley!Fiquei aqui imaginando que templo será este...Uma viagem em silêncio...Minha imaginação tá com tudo!Um abraço!

EU disse...

O desejo de passar para lá do tempo terreno.
Um poema que me agradou particularmente.
Um bjo, Shirley :)

ReltiH disse...

SIEMPRE SUS PENSAMIENTOS MUY HERMOSOS.
ABRAZOS

Luciana Crestana N.Lima disse...

Lindo , sem palavras !! Bj

lua singular disse...

Oi Shirley
Me encanto com suas poesias, uma mais linda que a outra.
Precisa fazer outra tiragem do livro. só falta você.
Estou acordada porque tenho que tomar antibiótico a meia noite.
Beijos no coração

Graça Pires disse...

"trago nos olhos a luz resignada
proveniente das estrelas..."
Nada mais precisa para a sua viagem...
Um beijo,

Carla Ceres disse...

Ainda não evolui a ponto de alcançar tanta serenidade, Shirley. Vou tentando e lendo seus poemas pra orientar meus passos. Beijos!

Acordar Sonhando . SOL da Esteva disse...

A tranquilidade e o sonhar desejos, conduzem suavemente ao altar do templo.
Belo Poema.


Beijos



SOL

Cia. De Teatro Atemporal disse...

Muito Lindo!

Fio um prazer imenso ter conhecido este espaço maravilhoso e aconchegante!

Estaremos sempre por aqui!

Beijos e abraços da Cia. De Teatro Atemporal!

Clemente.
Blog: ciaatemporal.blogspot.com.br
Facebook: Facebook.com/CiaAtemporal

Mariangela do Lago Vieira disse...

Este é um momento muito bom, de verdadeira paz na alma!
Lindo poema.
Beijos,
Mariangela

heretico disse...

vogando nas ondas do tempo
numa espera desarmada...

muito belo

beijo

O Árabe disse...

Transcendental, Shirley, como se dizia no meu tempo. E muito belo! Boa semana.

Lilá(s) disse...

Que essa viagem seja tão bela como o poema.
Bjs

Vera Lúcia disse...


Olá queridoka,

Transcendente.
Belo momento poético.

Feliz semana.

Beijo.

Pedro Luso disse...

E como é necessário o silêncio, Shirley, para absorvermos os choques, em tantos embates; como também se faz necessário, muitas vezes, resignação. Belo poema.
Abraços.

Jorge Sader Filho disse...

Que se abram as portas do Templo: a Bela Shirley vai entrar!
Beijo.

Elisabete disse...

Bom dia Shirley.
Guardo os meus dedais numa vitrina que está na minha sala.
Um beijo grande e agradeço a sua visita.

Reflexos e Sinais da Alma disse...

Olá Shirley ,

Um Excelente e Magnífico Poema cheio de intenção e Poesia .

Obrigado pelas suas Amáveis Palavras ....tenho estado um pouco retirado , voltarei em breve ...

Um Forte Abraço
Luis Sousa

Manuel Luis disse...

Se tiveres de atravessar o oceano, faz boa viagem. Quando chegares estarei de braços abertos.
Bj

Tais Luso disse...

A mim parece algo forte como a paz, sem tempestades, sem conflitos, sem dúvidas; o Templo da paz! Senti isso nesse teu belo poema.
Grande beijo!

Zilani Célia disse...

OI SHIRLEY!
UMA CAMINHADA RUMO A MATURIDADE DA ALMA, SÓ AI, ENCONTRAREMOS A PAZ ALMEJADA.
LINDO TEU TEXTO.
ABRÇS
-http://zilanicelia.blogspot.com.br/

Fábio Murilo disse...

Não esperar nada da vida, como um barco cem vela levado pela corrente, não se desesperar, se contentar com o destino das coisas, indo e vindo resignada com o que tem, mais nada. O tempo é o remédio pra tudo, é sábio, é tudo que eu não sou, me debatendo em ansiedade. Beijos, Shirley!

BETONICOU disse...

Lindissimo Shirley ! E que esse templo seja o santuário de todas as coisas boas! Muito reflexivo... beijos e abraços

Lourdinha Vilela disse...

Lindo poema. O tempo sacode a poeira, e traz novas histórias.
bjs.