CLICK HERE FOR BLOGGER TEMPLATES AND MYSPACE LAYOUTS »

SINO DO VENTO

Nº DE ACESSOS DESDE 22/11/2010

contador de visitas

NEFERTITI

NEFERTITI

Amigos Caminhantes

POSTAGENS RECENTES

KYPHI PARA ILUMINAR OS SONHOS

KYPHI PARA ILUMINAR OS SONHOS
incenso egípcio

ASFALTO DAS HORAS RECEBEU O SELO DA VEJABLOG - OS MELHORES BLOGS DO BRASIL

ASFALTO DAS HORAS FAZ PARTE DOS MELHORES BLOGS CULTURAIS

http://meublogtemconteudo.blogspot.com/
Obrigada por visitar e comentar as postagens

CADASTRE-SE E RECEBA AS ATUALIZAÇÕES NO SEU E-MAIL

Seu e-mail:

Delivered by FeedBurner

4 de abril de 2015

ATITUDE PERIGOSA


O vento passa
roubando o verde do jardim
o amarelo do sol
o vermelho do meu batom.
O vento volta
com pompa de arauto
diz coisas sem sentido
estremece meus alicerces.
Ele vem
espia pela incauta janela
brinca com a minha saia
pisoteia minha tolerância
e depois
levando as cores da manhã
vai embora rindo
feito rio caudaloso
em direção ao futuro...
Os minutos
e o omisso relógio viram tudo
 nada fizeram para proteger-me.
Fico brava em silêncio
sem sonho sem nada
e não importa  minha sina
posso tornar-me assassina...
É isso mesmo
hoje vou matar o tempo!


Shirley Brunelli Crestana





48 COMENTE AQUI:

Arnaldo Leles disse...

Gostei! Grande poema Shirley!
Abraço!

lua singular disse...

Oi poetisa Shirley

Tu fazes poesias que encantam quem as lê.
Beijos no coração

CÉU disse...

Olá, Shirley!

Vim, mesmo agora, do blog do tesco, e depois de muito me rir, resolvi vir visitar você.

Seu poema tem a "marca da sua casa", TALENTO, portanto muito bom.
Faz muito bem em matar o tempo e se precisar de ajuda, pode contar comigo, também.

DOCE, FELIZ E REDENTORA PÁSCOA!

Beijos.

José Carlos Sant Anna disse...

“Matar o tempo” pode não ser uma rima, mas pode ser a solução, Shirley. E esse vento audacioso “roubando-lhe” bens tão preciosos...
Deixemo-lo.. Estou certo de ele lhe faz bem...

Uma boa Páscoa, Shirley!

tesco disse...


Sofreste um vento ladrão
Que - marginal desalmado -
Tão solto na amplidão
Veio fazer o narrado

E zombando do assaltado
Puxa a perna e ouve o baque
E o relógio, coitado!
Só sabe fazer 'tic-tac'

Certo é fazer justiça
Condenando o 'condenado'
Mas não se tornar 'puliça'
Matando o 'cliente' errado

De tudo que o vento fez
Se o paraíso é mostrado
- Levante a saia de vez -
E de pronto é perdoado!

Kisojn.

Laura Santos disse...

Que poema soberbo, Shirley!
Nada como o tempo, esse ladrão das horas, sempre nos tratando com altiva indiferença, para ser alvo de um belo assassinato!
Uma Páscoa muito feliz!
xx

Magia da Inês disse...

⋰˚هჱܓ
FELIZ PÁSCOA!!!
┏╮/╱
╰ჱ ╮
╱/╰┛

SÓLO EL AMOR ES REAL disse...

Y el tiempo es quien nos mata a nosotros...
Paz y Luz
Isaac

Cidália Ferreira disse...

Poema Lindo demais!

Desejo-lhe uma Santa e doce Páscoa, extensivo à sua familia e amigos
beijos doces.
http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

Santa Cruz disse...

Shirley: Belo poema amei ler.Bom fim de semana e uma Santa Páscoa.
Beijos
Santa Cruz

Graça Pires disse...

Quantas vezes já me apeteceu matar o vento... Belo, o poema.
Beijo.

Maria Ferreira N. Vechi disse...

Oi Shirley
Beleza de poema.Feliz e abençoada Páscoa,renovação de amor e paz.
Bjs

Guaraciaba Perides disse...

oi, Shirley...o vento apronta e você quer matar o tempo? justo o tempo que segundo dizem "é o senhor da razão"...o vento, se vier comportado e perfumado nada contra, transforme-o em brisa.
Um abraço, e uma feliz Páscoa!

vendedor de ilusão disse...

Olá, nobre e bela poetisa!
Dependendo das circunstâncias pode, muito bem, alguém tornar-se um assassino pelo simples desejo de matar o tempo...
Um ótima Páscoa.
Beijo.

Edumanes disse...

Nesta terra iluminada!
pelo sol e pela lua
seja feliz na sua caminhada
sobre um manto de verdura,
nesta terra por Deus abençoada
com muita saúde, paz e alegria
tenham uma santa e feliz Páscoa
com muito amor e carinho sorria!

Na companhia se possível de quem mais ama nesta vida.
um beijo.

Giancarlo disse...

Gli auguri più sinceri per una Santa Pasqua lieta e serena!
Un abbraccio...ciao.

José María Souza Costa disse...

Olá,Shirley.

Neste tempo de convite: à reflexão, vim te desejar uma Feliz Páscoa.
Que o Criador, esteja sempre de plantão, a perdoar-nos. Porque, somos aqueles, que cometemos falhas, por mais vigilantes, que estejamos.
Um abraço fraterno.

Rosa Carioca disse...

Antes que o tempo nos mate...

ReltiH disse...

EXCELENTE!!!!!!!!!
ABRAZOS

Giancarlo disse...

Gli auguri più sinceri per una Santa Pasqua lieta e serena!
Un abbraccio...ciao.

Daniel C.da Silva (Lobinho) disse...

uma Santa Páscoa na certeza de que precisamos de ressuscitar na alegria, na esperança e no amor, todos os dias. Beijinho

Ricardo- águialivre disse...

Boa tarde.
Independentemente da publicação que está fantástica, o blogue http://pensamentosedevaneiosdoaguialivre.blogspot.pt/, deseja que passe(m) um DOMINGO de PÁSCOA muito feliz - com muito Amor, Paz, Saúde, e muitas amêndoas docinhas - se possível junto da família e/ou amigos de verdade.
Deixo cumprimentos.
Ricardo, Águia_Livre

Elisabete disse...

Ah se pudessemos matar o tempo!!!...
Bjs

Teca M. Jorge disse...

Ainda bem que você mata o tempo com poesia...

Feliz Páscoa com beijo e carinho.

lua singular disse...

Oi Shirley
Eu deixei o endereço como resposta do seu comentário.
Tá lá no meu blog
Beijos

Lilly Silva disse...

Lindo poema Shirley, ao qual eu gostei muito! Parabéns!
Beijos e boa semana!!!

http://simplesmentelilly.blogspot.com.br/

Jorge Sader Filho disse...

Muito bem articulado poema, Shirley.
Usou as palavras, todas elas, com muita habilidade.
Beijo.

Vera Lúcia disse...


Formidável, querida Shirley.
Achei o poema brilhante. Um show de criatividade e talento.
Assustei-me com o 'assassina', mas logo percebi que assassinos do tempo merecem perdão, pois há momentos que matar o tempo é imperativo circunstancial-rsrs.

Parabéns, amiga!

Feliz semana.

Beijo.

Carla Ceres disse...

Poema complexo, intenso, inteligente. Gostei demais, Shirley. Beijos!

manuela barroso disse...

Pois Shirley essa revolta de impotência cria um vazio incontornável
Mas ainda bem que esse "crime" ê só poético !
Beijinho

Mariangela do Lago Vieira disse...

Oi Shirley!
Como é bom ler teus poemas!
Você é talentosa e criativa demais!
Beijos de uma ótima noite!
Mariangela

© Piedade Araújo Sol disse...

matar o tempo e o vento
mas nunca os sonhos
(os nossos)

belo poema!

:)

Arthur Claro disse...

Muito bom esses versos, parabéns.

Arthur Claro
http://www.arthur-claro.blogspot.com

Fábio Murilo disse...

O que se pode falar do vento... De repente tanta coisa que tua observação fértil desvenda. Excelente, Shirley!

Marcia Pimentel disse...

Olá,
Um lindo poema para nos fazer suspirar.
Parabéns pela bela inspiração!

Estou seguindo o seu blog, convido-a para conhecer o meu.
http://marcia-pimentel.blogspot.com.br/2015/04/dia-de-lancamento-do-livro-karine.html

Bjo

Francisco Manuel Carrajola Oliveira disse...

Um belo poema.
Um abraço e continuação de uma boa semana.

SOL da Esteva disse...

Matar o tempo, é tão pouco,
Do tempo que não resiste.
O tempo é ar, feito louco,
Que sopra um pouco e desiste.



Beijos


SOL

Smareis disse...

Belíssimo poema Shirley!
Tem dia que dá mesmo essa vontade de matar o tempo.


Um beijo e ótima semana!
Blog da Smareis

O Árabe disse...

Muito bom, Shirley! Belo, lúdico... e muito bem humorado! Bom resto de semana.

Anete disse...

Poetizou muito bem... Matar o tempo com perseverança e graça dos Céus, eis a questão!

Obrigada por CIRANDAR com o PERDÃO por lá, gostei!...

Abraços e boa 5ª feira...

Lourdinha Vilela disse...

Se precisar de uma cúmplice...Conte comigo, adoro matar o tempo. Estou na idade da Sen-hora. Belíssimo poema, fantástica criatividade, pareces brincar com as palavras. Adorei. bjs.

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Shirley,suas poesias é um encanto para nossos olhos,são versos profundos e com uma sensibilidade incrível.
Amei.
Bjs e um ótimo final de semana.
Carmen Lúcia.

Dênis Girotto de Brito disse...

Amei! Muito bom.

"e não importa a minha sina
posso tornar-me assassina
É isso mesmo
hoje vou matar o tempo!"

Parabéns, Shirley, pela criação.

Abraços!

Meus blogs literários:
O Poeta e a Madrugada (Contos e Poesia)
Dark Dreams Project (Contos de suspense e terror)

Aline Teles disse...

Parabéns pela qualidade do poema. Muito bonito! O tempo é volátil demais para quem aprecia as coisas boas e preciosas da vida. Beijos.

SÓLO EL AMOR ES REAL disse...

El tiempo pasa y nosotros con el...
Paz y Luz
Isaac

lua singular disse...

Oi Shirley
Adoro sua ironia a bel prazer nas minhas postagens.kkk
Beijos

Nyce Pinto. disse...

Bom dia Shirley! Que linda poesia, como sempre uma doce inspiração! Que tenhas um feliz domingo! Um abraço...

EU disse...

Surpreendente!
Gostei imenso!
BJO :)