CLICK HERE FOR BLOGGER TEMPLATES AND MYSPACE LAYOUTS »

SINO DO VENTO

Nº DE ACESSOS DESDE 22/11/2010

contador de visitas

NEFERTITI

NEFERTITI

Amigos Caminhantes

POSTAGENS RECENTES

KYPHI PARA ILUMINAR OS SONHOS

KYPHI PARA ILUMINAR OS SONHOS
incenso egípcio

ASFALTO DAS HORAS RECEBEU O SELO DA VEJABLOG - OS MELHORES BLOGS DO BRASIL

ASFALTO DAS HORAS FAZ PARTE DOS MELHORES BLOGS CULTURAIS

http://meublogtemconteudo.blogspot.com/
Obrigada por visitar e comentar as postagens

CADASTRE-SE E RECEBA AS ATUALIZAÇÕES NO SEU E-MAIL

Seu e-mail:

Delivered by FeedBurner

12 de janeiro de 2015

SERIA BOM


Busco palavras
 no fundo de minhas verdades
e unindo-as
com a energia da manhã
edifico poemas e muros
num incansável experimento.
Neste mundo tridimensional
 no qual estagio
- laboratório depurador -
penduro trapos coloridos
nos infinitos ciclos do tempo.
Quando o azul do céu se distrai
espalha inércia em minha alma
então
eu penso
que bom seria possuir asas
para romper as distâncias
pousar na tua janela
e ficar cinco minutos 
na mira do teu olhar...


Shirley Brunelli Crestana

43 COMENTE AQUI:

vendedor de ilusão disse...

É!Seria bom, muito bom, ter asas e poder voar além da imaginação...

✿ chica disse...

Muito lindo! bjs praianos,chica

Henrique ANTUNES FERREIRA disse...

Shirleylindamiga

Enquanto espero pelo dia 24 (data em que a Raquel e eu partimos para Goa) vou-me deliciando com os teus versos lindos, lindos, lindos.

Tu já tens asas na tua Poesia o que te permite dizer o que dizes e voar...

Pensando bem - o que são cinco minutos? Não tua Poesia são uma eternidade...

Qjs

poesia de vieira calado disse...

Sempre quisemos ter asas
como os pássaros que voam até aos céus azuis...

Saudações poéticas!

VitorNani disse...

Felizes os que conseguem voar nas asas de suas poesias como você, Shirley!
Gosto de seus versos, por isso pouso de vez em quando para espiar sem pressa, a poesia que nasce na sua alma!
Beijos e boa semana!

VitorNani/Hang Gliding Paradise

Toninho disse...

Se bem que você tem as mais belas e encaradas asas da poesia, que lhe transporta para junto das estrelas, para lançar poesias.
Que lindo Shirley!

Uma linda semana a você.
Paz e muita luz em cada dia.
Beijo de paz amiga.

Andrea Liette disse...

Oi Shirley,

Cinco minutos que são uma eternidade!

Grande beijo.

Mariangela disse...

Oi Shirley!
Como seria bom amiga...apenas cinco minutinhos nos bastaria!
Lindo.
Beijos e um ótimo dia!
Mariangela

Laura Santos disse...

Que bom seria ter asas para pousar na frente desse olhar.
E que belo poema para expressar esse desejo.
Muito lindo, Shirley.
xx

Cadinho RoCo disse...

Olho pra minha janela imaginando sua aparição.
Cadinho RoCo

Elisabete disse...

Voar pelo céu da imaginação é a liberdade suprema.
Lindo poema.
Bjs

Guaraciaba Perides disse...

Oi, Shirley...lindo poema! A poesia nos transporta a outras dimensões da realidade e o viver da alma nos faz muito bem.
Um abraço.

Arione Torres disse...

Oi querida amiga, vim lhe desejar uma ótima semana, beijos!!

José Carlos Sant Anna disse...

Toma as asas da tua poesia como já fazes tão bem e desfia não apenas cinco minutos, mas horas e elas te dirão que é tua a janela, é teu olhar... Ter asas é um assombro... Um belo poema, Shirley!
Abraços,

Carla Ceres disse...

Gostei demais da ideia de estágio no mundo tridimensional, Shirley. Beijos!

heretico disse...

há olhares que matam - de amor.

muito belo teu poema.

beijo

Lilá(s) disse...

Lindo! Bem inspirado o seu belo poema!
Bjs

tesco disse...


TRANSMISSÃO ENCERRADA

De repente
Na janela da sala
Pousa um lindo passarinho!
Qual é?
Não sei!
Nada entendo de passarinhos.
Sei apenas que são
mensageiros dos deuses.
Na verdade,
mensageiros da deusa!

Quanto tempo fiquei a observá-lo?
Tempo tempo tempo,
existes?
Pouco tempo, creio
Alguns saltitos graciosos,
Um trinado maravilhoso,
e voou...
Recado entregue!

Ah, minha deusa!
Me atormento em plagas distantes
Mas o universo é pequeno
Para tão grande amor!
O trinado foi um poema teu
Apenas entendido com o sentimento
Dizia simplesmente:
Te amo!

Cativado pela mensagem recebida
Apresso o término das negociações
Retornarei ao teu amoroso seio.
Que importa ganhar o mundo
Se meu desiderato és tu?
Retornarei
O amanhã se tornará hoje!

Kisojn!

Zilani Célia disse...

OI SHIRLEY!
SIM, SERIA MUITO BOM SE POSSUÍSSEMOS ASAS PARA ROMPERMOS DISTÂNCIAS, MAS, JÁ QUE NÃO AS TEMOS,DEVEMOS AO MENOS, DAR ASAS A IMAGINAÇÃO, COMO O FIZESTE AO CONSTRUIR ESTE LINDO TEXTO.
ABRÇS
http://zilanicelia.blogspot.com.br/

Fábio Murilo disse...

Que lindo! Pura inspiração, flagrante poesia.

Nidja Andrade disse...

Vim deixar meu carinho, que não é pouco!Suas poesias muito me encantam...É um arco-íris
a colorir nossas vidas! São
divinas mágicas, é tudo de bom!
Um bjo no seu coração...Fique com Deus.

Emília Pinto disse...

Têm asas a nossa alma, o nosso pensamento e isso já é muito bom, pois assim em segundos voamos ao nosso passado, a nossa meninice, à nossa juventude. Várias vezes atravesso o oceano e a minha alma pousa em Guaratingueta, Brasil, onde vivi feliz por muitos anos e onde tenho ainda os meus pais, irmão e respetiva família. Voo até lá tantas vezes, amiga, que nem imaginas, uso o avião algumasvezes, claro, mas há 3 anos que só a minha alma é capaz de ousar e vencer o grande mar nem sempre benevolente com os nossos anseios, Amiga, aproveito para te agradecer a companhia que me tens feito e assegurar-te que por aqui continuarei para que a nossa amizade se fortaleça ainda mais . Um beijinho e até sempre.
Emilia

Tais Luso disse...

Maravilhoso poema, Shirley, e acho que você já possui asas um pouco diferentes: asas de encanto e de pureza, enfim, de poeta que sabe tocar nossa imaginação.
Grande beijo!

Vanuza Pantaleão disse...

Bom dia, amiga!
Asas já tens, asas do dom da poesia, asas de nos transportar para o teu belo universo.
Beijinhos...

Jorge disse...

Olá, Shirley!
Poder voar seria fascinante. Ver o que nunca se viu. Dar asas à imaginação.
Um abraço,
J

Jonatas Rubens Tavares disse...

Magnífica placa de Petri esta!

Abraço Shirley

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Ui, ui, ui. Muito lindo!!!Parabéns!!!

SOL da Esteva disse...

O Ser Humano, desde a pequena infância que é atraido e se fascina por ter asas. Quem não sentiu tal?
Tomá-las para se mostrar presente ante o Ser Amado, é um encanto de Vida e Amor.



Beijos


SOL

Luria Corrêa disse...

As palavras podem nos dar essa sensação (e noção) de liberdade também...nos levar a novos lugares e nos fazer sentir o que desejemos. Mas nada se compara ao momento, ao cruzar de olhares e o tato correto, e os sentimentos desalinhados....

Bom ano, Shirley!
Beijinho

Teca M. Jorge disse...

Romper distâncias... seria bom!
Beijo.

gota de vidro disse...


E como é bom voar, nem que seja nas asas do sonho.

Lindo este teu poema.

Beijinhos da Gota e bom domingo

gota de vidro disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Graça Pires disse...

Muito belo! É o fascínio de ter asas...
Beijo.

Nilson Barcelli disse...

Gosto do teu laboratório...
Dele, nascem excelentes poemas como este.
E é sempre bom ficar na mira do olhar de quem se ama.
Boa semana, querida amiga Shirley.
Beijo.

EU disse...

Há algures, dentro de nós, um laboratório de palavras onde, habilmente conjugadas, se extrai o nosso sentir. Se ele possuir asas, voa até junto de quem quisermos!
Muito bom, Shirley!
Bjo :)

Vieira Calado disse...

Pois, cá me queria parecer que já tinha estado nestes comentários...

ricardo alves / são paulo,brasil disse...

impressionante como você consegue colocar profundezas metafísicas dentro de nosso estágio de cada dia...

Arione Torres disse...

Oi querida amiga, que lindo!
Vim lhe desejar uma excelente semana, beijos!!

Pedro Luso disse...

Shirley,
A poesia propicia-nos a possibilidade de voarmos para tantas paragens! Parabéns.
Um abraço.

Miguel disse...

Bom dia, Shirley
que bom seria possuir asas
para romper as distâncias
pousar na tua janela
e ficar cinco minutos
na mira do teu olhar... - estas palavras são as que eu te diria... entretanto, como não possuo asas...contento-me com a tua presença lá na minha janela :)

Logo, às 0 horas do dia 24, publico o post de Janeiro, o primeiro deste ano.
Espero-te na minha janela...

Um beijo
MIGUEL / ÉS A MINHA DEUSA

Fábio Murilo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Fábio Murilo disse...

Eu já comentei aqui Shiley, passei de novo só pra avisar que precisei mudar o poema dessa semana, substitui por outro. Se puder fazer a fineza de comentar novamente com seus imprescindíveis comentários, eu agradeceria. E desde já, me desculpo pelo incomodo. Beijos!

J Araújo disse...

Olá poetisa, como é bom ler suas poesias e nelas perceber sua sensibilidade com as palavras.

Abraço