CLICK HERE FOR BLOGGER TEMPLATES AND MYSPACE LAYOUTS »

SINO DO VENTO

Nº DE ACESSOS DESDE 22/11/2010

contador de visitas

NEFERTITI

NEFERTITI

Amigos Caminhantes

POSTAGENS RECENTES

KYPHI PARA ILUMINAR OS SONHOS

KYPHI PARA ILUMINAR OS SONHOS
incenso egípcio

ASFALTO DAS HORAS RECEBEU O SELO DA VEJABLOG - OS MELHORES BLOGS DO BRASIL

ASFALTO DAS HORAS FAZ PARTE DOS MELHORES BLOGS CULTURAIS

http://meublogtemconteudo.blogspot.com/
Obrigada por visitar e comentar as postagens

CADASTRE-SE E RECEBA AS ATUALIZAÇÕES NO SEU E-MAIL

Seu e-mail:

Delivered by FeedBurner

27 de setembro de 2014

CONFLITO


Você
seu olhar
saudade
a grudar como cola
na pele das lembranças...
Pensamentos complexos
impunes e imprecisos
esbarram 
no voo incerto das palavras...
Seu sorriso semente
reflexo do seu espírito
transporta-me a amplos espaços
para os braços dos anjos...
Às vezes
sozinha
perdida no campo denso da matéria
não sei o que faço
ao perder o compasso
desse tímido coração...


Shirley Brunelli Crestana

20 de setembro de 2014

DECEPÇÃO


O som de tua maldade
varou-me a carne aflita
e um mar revolto
penetrou o meu medo.
A tarde que era linda
- havia sol -
murchou no meu plexo solar
que espetado
na ponta de tua intenção
incensou os venenos
até o anoitecer...


Shirley Brunelli Crestana

13 de setembro de 2014

PONTO FINAL


Ando à tua procura
pelas estradas poeirentas da solidão
e penduro os fantasmas que me rodeiam
na luz tremeluzente das estrelas.
Deito todo o meu cansaço
no colo da noite redonda e fria
levando na bagagem milenar do espírito
conflitos e fraquezas que há em mim.
Contagiada pela tua ausência
 vagueio pelos cantos do silêncio
contudo
um dia te encontro
entro em tua vida
penetro a tua pele
e seja como for
circulo para sempre
 pelos trinta quilômetros 
de vasos sanguíneos do teu corpo
contaminando-te com o meu amor...


Shirley Brunelli Crestana

6 de setembro de 2014

DISTÂNCIA


Deitada na grama
meus olhos de domingo
-como duas sondas espaciais-
tentam medir a longitude
entre a terra 
e o deserto azul do céu
 massa atômica
a ocultar de mim o infinito.
A ação lesiva do sol das dez
fere-me a sensibilidade da pele
e meus cães aproximam-se 
ensaiando gestos de carinho.
De um lado
árvores com promissoras frutinhas
do outro
duas palmeiras com suas folhas serenas
acenam-me delicadamente.
Outra vez
meu olhar inquiridor tenta descobrir
a que lonjura está esse azul...
De repente
penso em você e tudo para
o que me incomoda agora
 é a distância que nos separa...


Shirley Brunelli Crestana