CLICK HERE FOR BLOGGER TEMPLATES AND MYSPACE LAYOUTS »

SINO DO VENTO

Nº DE ACESSOS DESDE 22/11/2010

contador de visitas

NEFERTITI

NEFERTITI

Amigos Caminhantes

POSTAGENS RECENTES

KYPHI PARA ILUMINAR OS SONHOS

KYPHI PARA ILUMINAR OS SONHOS
incenso egípcio

ASFALTO DAS HORAS RECEBEU O SELO DA VEJABLOG - OS MELHORES BLOGS DO BRASIL

ASFALTO DAS HORAS FAZ PARTE DOS MELHORES BLOGS CULTURAIS

http://meublogtemconteudo.blogspot.com/
Obrigada por visitar e comentar as postagens

CADASTRE-SE E RECEBA AS ATUALIZAÇÕES NO SEU E-MAIL

Seu e-mail:

Delivered by FeedBurner

13 de setembro de 2014

PONTO FINAL


Ando à tua procura
pelas estradas poeirentas da solidão
e penduro os fantasmas que me rodeiam
na luz tremeluzente das estrelas.
Deito todo o meu cansaço
no colo da noite redonda e fria
levando na bagagem milenar do espírito
conflitos e fraquezas que há em mim.
Contagiada pela tua ausência
 vagueio pelos cantos do silêncio
contudo
um dia te encontro
entro em tua vida
penetro a tua pele
e seja como for
circulo para sempre
 pelos trinta quilômetros 
de vasos sanguíneos do teu corpo
contaminando-te com o meu amor...


Shirley Brunelli Crestana

44 COMENTE AQUI:

✿ chica disse...

Maravilha de poesia e sempre bem inspirada...bjs, ótimo fds! chics

Cidália Ferreira disse...

Fantástico poema
Por vezes a solidão faz bem! Gostei muito

Tenha um sábado feliz
Beijinhos

http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

Magia da Inês disse...

·..✿✿。°
Bonito!
Contaminação de amor, ideia poética maravilhosa.
Ótimo sábado!!!

Bom fim de semana!
Beijinhos.·..✿彡
°。✿⊱。。

Ingrid disse...

uau!... amei!
li e reli..
beijos querida,um ótimo sábado

Ricardo- águialivre disse...

Um poema muito muito bonito...adorei ler
.
Desejo bom fim de semana com muita Paz, saúde e amor
.
Querendo, visite(m)-me ...eu gostava
.
http://pensamentosedevaneiosdoaguialivre.blogspot.pt/

Dorli disse...

Oi Shirley,

Perder um amor por burrice faz da pessoa um ser dominado pela procura infinita e de nada adiantará, pois a dor do abandono não merece perdão.
Correr atrás desse amor é sofrer duas vezes.
Êta poetisa dos apaixonados!
Beijos no coração
Lua Singular

Laura Santos disse...

É assim mesmo , Shirley!!
Nós encheremos de amor toada a kilometragem dos vasos sanguíneos dele, e o coração não terá outro remédio senão sentir esse amor.
Correspondê-lo já será outra questão. Os nossos vasos sanguíneos saberão esperar ;-))
Um poema muito belo e com muita originalidade, que é o que se exige de um poema: que seja único.
Bom fim de semana, Shirley!
xx

Henrique ANTUNES FERREIRA disse...

Shirleylindamiga

Estou definitivamente apaixonado pelos teus poemas; apaixonado e o termo certo, sem margem para qualquer dúvida. Para mim, minha Amiga, já ingressaste no Parnaso.

Leio-te simultaneamente com sofreguidão, ternura e desejo, numa mistura de sentimentos que são como uma poção de alquimista.

E, para terminar, não resisto a transcrever o momento que mais me tocou. Todo o poema o fez; mas, este é singular:

um dia te encontro
entro em tua vida
penetro a tua pele
e seja como for
circulo para sempre
pelos trinta quilômetros
de vasos sanguíneos do teu corpo
contaminando-te com o meu amor...


Qjs

NB - Mas (há sempre um adversativa inoportuna) por que bulas não vais à nossa Travessa e nela comentar? És uma minina má... rrrsss


Teca M. Jorge disse...

Quem procura... acaba achando...

Beijo.

José Carlos Sant Anna disse...

Que confissão amorosa do eu lírico. E por anda este TU, que não percebe a intensidade desse amor e não encurta a distância dos vasos sanguíneos para que possam entregar-se?
Abraços,

Mariangela disse...

Lindíssima inspiração! Adorei Shirley.
Beijos e uma ótima noite!
Mariangela

SOL da Esteva disse...

Uma das tuas mais belas e completas criações!
... E não é que o Amor é mesmo isso? Ou se mistura como um soro ou acaba por ser repelido naturalmente.
Parabéns.

Beijos


SOL

Andrea Liette disse...

Oi Shirley,

Estou muito feliz por sua visita e o que mais gostei é que vivemos próximas: sou de Tatuí. Quem sabe, qualquer dia nos conhecemos!

Adorei o poema, de pontos mais reticentes que finais.

Beijo.

O Sibarita disse...

ô dona moça! kkk Anda a procura? Não tão longe é, repare... kkkkk

Que belo poema percorrendo todos os vasos sanguíneos do corpo chamado amor, oi que bom! kkkkkk

Excelente a moça danadinha dos poemas romantizados, hummmm... kkkk

O Sibarita

Maria Ferreira N. Vechi disse...

Como sempre,poemas lindos aqui.
Beijos,tenha um ótimo final de domingo e uma semana feliz1

Guaraciaba Perides disse...

Oi, Shirley, um poema de amor tão intenso e dolorido na sua solidão, mas ao mesmo tempo tão cioso da grande aventura do viver na eternidade onde todos os encontro são possíveis...realmente uma alma amadurecida nos tempos do amor.
Muito bonito! merece um tango e um vinho.
Um abraço de luz!

Cidinha disse...

Olá, Shirley.... que dizer? Belíssimo!!!!!! Intenso!! Obrigada por sempre partilhar e nos emocionar. Agradeço o carinho e muita alegria nesse fim de tarde e uma linda semana!! Ameiiiiiiiiiiiii Bjosssss.

Nádia Santos disse...

Amiga Shirley, estou repleta de amor para contaminar quilômetros do corpo de um certo alguém (risos). Ameiiiiiii seu poem lindo. Bjusssss

© Piedade Araújo Sol disse...

um poema de amor e esperança, muito bonito...

:)

Helena disse...

Entranhar-se no corpo do ser amado, correr por suas veias, misturar-se ao seu sangue, para enfim harmonizar os dois seres na beleza de ser apenas um...
Um belíssimo poema! Sempre a tua marca de originalidade a permear os versos que te saem da alma para impregnar nosso olhar de ternura e encantar nosso coração.
Todo o poema um primor de composição, mas adorei estes versos: "Deito todo o meu cansaço
no colo da noite redonda e fria"
Que bela imagem!
Nos sorrisos e nas estrelas o desejo de uma linda semana,
Helena

O Árabe disse...

Pura poesia, Shirley! Bela e intensa, como sempre. Boa semana, amiga!

heretico disse...

a penetrar no sangue como o soro do amor - doce tónico!

beijo

Carla Ceres disse...

Oi, Shirley! Adorei a parte dos fantasmas dependurados no brilho tremeluzente das estrelas. Que imagem linda! Beijos!

Filha do Rei disse...

Que poema cheio de vida. Parabéns!
Tenha uma semana abençoada. Bjs

Fábio Murilo disse...

Já vi que encontrar um amor correspondido é um verdadeiro prêmio de loteria. Esse alguém ideal é mais idealizado que verdadeiro.

Marina Fligueira disse...

¡Hola, Shirley!!!

Es un encanto leer tus creaciones; y verte tan bella! Tienes el don de la sabiduría y de la belleza tanto física como intima, lo demuestran tus versos con esa dulzura, ternura, y sensibilidad conque escribes.
Mi enhorabuena y mi felicitación.

Te dejo mi gratitud y mi admiración.
Un beso y se muy muy feliz.

Vera Lúcia disse...


Belíssimo, amiga.
As figuras poéticas são um espetáculo.
Adorei a criativa inspiração.

Beijão.

PS: Está linda na nova foto da lateral. Aliás, em todas elas.

Vanuza Pantaleão disse...

O amor contamina e invade todos os os espaços da nossa mente e isso é a maior das verdades, é um fluxo constante de uma energia poderosa.
Obrigada pela visita e opinião lá no Matagal, minha amiga!Bjsss

Milton Kennedy disse...

Bom dia Shirley, vim agradecer sua visita e desejar-lhe um excelente início de semana.
Um belo poema, apreciei muito a parte que menciona interiorizar os quilômetros dos vasos sanguíneos.
Saúde e paz.

tesco disse...


Procuras pelos caminhos
Alguém que é fantasmal
A caminhada afinal
Terminará em meu ninho
Não sou aquele que queres
Sou o que muito te quer
Mas teus olhos de mulher
Só veem o que te fere
Muda todo teu roteiro
Refaz o rumo seguro
Encontra o que te convém
Serei teu novo parceiro
Afirmo que teu futuro
Sou só eu e mais ninguém.

Beijos.

gota de vidro disse...

Esta contaminação do amor é bela e profunda, pois acontece após uma busca.

Um belíssimo poema com um desfecho fantástico.

Beijitos da Gota

Élys disse...

Com esta linda poesia,certamente, o encontro se dará.
Beijos, Élys.

Olhos de mel disse...

Que lindo Shirley! Temos que manter essa esperança. Sem parar, sem ficar estagnadas, vivendo o que nos é possível.
Beijos

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Querida amiga

Às vezes as palavras
se escondem em nossas vidas.
Então,
saímos em busca de inspiração
nos lugares onde a amizade
se faz preciosa,
(lugares como este)
pois são os amigos
que guardam as melhores
palavras de nossa vida,
para nos devolver e inspirar
quando estivermos distantes
de nós mesmos...

Obrigado por sua generosa amizade...

Denise disse...

Shirley, vc tem o dom da palavra. Consegue expressar os sentimentos, principalmente no que diz respeito ao amor. Lindo! Muita paz!

Graça Pires disse...

Um belo poema onde a sensibilidade transforma a solidão em presença do amor...
Um beijo.

Emília Pinto disse...

E lá chegará o dia em que, cansados de tanta espera, de tanta busca, de tanta solidão colocamos um ponto final nessa página e começamos a escrever outra, sem medos lançando-nos de corpo e alma ao amor . Parabéns, Shirley e...gostei muito! Beijinhos
Emília

silvioafonso disse...

.

Ah, que saudade da
sua presença, dos
seus abraços e dos
seus beijos.

silvioafonso






.

Daniel C.da Silva (Lobinho) disse...

Quem procura com esta beleza e deita no cansaço o colo a noite... tem mesmo de encontrar...

um beijo amigo

Nilson Barcelli disse...

Uma bela ameaça feita poema de amor.
O poema é fantástico, encantaste-me (uma vez mais).
Tem um bom fim de semana, querida amiga Shirley.
Beijo.

vendedor de ilusão disse...

Olá, linda nobre poetisa!
Poema simplesmente arrebatador com final exuberante...
Passar por aqui é ler criações como esta é de deslumbrar; sou levado á devaneios, creia!
Que o teu fim de semana seja maravilhoso trazendo mais inspiração ainda...
Beijo.

Giancarlo disse...

Un felice weekend per te.

Rita Sperchi disse...

Bom dia bom final de semana
com muita chuva por aqui.

Um verdadeiro amigo é alguém que pega a sua mão e toca o seu coração

. (Gabriel García Márquez)

Bjuss de sempre

└──●► *Rita!!

Rita Sperchi disse...

Uma poesia linda e cheia
de inspiração parabéns querida