CLICK HERE FOR BLOGGER TEMPLATES AND MYSPACE LAYOUTS »

SINO DO VENTO

Nº DE ACESSOS DESDE 22/11/2010

contador de visitas

NEFERTITI

NEFERTITI

Amigos Caminhantes

POSTAGENS RECENTES

KYPHI PARA ILUMINAR OS SONHOS

KYPHI PARA ILUMINAR OS SONHOS
incenso egípcio

ASFALTO DAS HORAS RECEBEU O SELO DA VEJABLOG - OS MELHORES BLOGS DO BRASIL

ASFALTO DAS HORAS FAZ PARTE DOS MELHORES BLOGS CULTURAIS

http://meublogtemconteudo.blogspot.com/
Obrigada por visitar e comentar as postagens

CADASTRE-SE E RECEBA AS ATUALIZAÇÕES NO SEU E-MAIL

Seu e-mail:

Delivered by FeedBurner

16 de agosto de 2014

LUA NOVA


Perdi o jeito
esqueci a manha
de lidar com a lua.
Seu brilho fulgurante
ofusca-me as idéias
desconfigura os átomos
e eu
janela  aberta
aqui tão só
feito barata tonta
imersa num vácuo.
Sem ti
me descontrolo
me perco de mim
no perfume embriagante
da solidão do meu jardim...


Shirley Brunelli Crestana

41 COMENTE AQUI:

✿ chica disse...

Lindo e sem o amor até a lua fica mais complicado de lidar! bjs,chica

Maria Ferreira N. Vechi disse...

A lua companheira absoluta espera por nossa contemplação.
Beijos,ótimo final de semana

Mariangela disse...

Janela aberta pra entrar os perfumes da esperança!
Lindo.
Abração!
Mariangela

Jorge disse...

Brilhante esse poema, adorei! Fizeste-me recordar uma música que há muitos, muitos anos alguém escreveu por cá e que deixo o link...
https://www.youtube.com/watch?v=DDC9ihXH1Xg

Beijinhos
:)))

José Carlos Sant Anna disse...

Há sempre uma lua iluminando a esperança, renovando o amor e a alma lírica que te acompanha a cada passo.
Abraços, Shirley

Jorge disse...

Olá, Shirley!
A lua luminosa, irradia e concentra luz ao mesmo tempo, tem influência na nossa maneira de ser, deixa-nos aluarados, "ofuscando-nos as ideias".
Um abraço,
Jorge

Cidália Ferreira disse...

Fantástico poema!!

Bom fim de semana, beijo.

http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

PERSEVERÂNÇA disse...

Feliz sábado!
Realmente a "lua" é uma grande aliada aos apaixonados, aos abandonados e a àqueles que tem buscado inspiração para declarar seu amor.
Gostei do que escreveu, alias gosto de toda essa sua inspiração.
Beijinho
Nicinha

Henrique ANTUNES FERREIRA disse...

Shirleylindamiga

Um destes dias, matas-me com versos tão belos. Ou, pelo menos, tiras-me a respiração... rrrsss

Que dizer mais? Está tudo dito: a tua Poesia é inenarrável e inqualificável de tal modo é preciosa. Leio-te com satisfação, com amor, mas também com respeito.

Tu, minha querida Amiga, um dia destes matas-me..., arrasas-me. E depois tens de aturar a Raquel rrrsss

Qjs

Mira disse...

SHIIRLEY, gostei do texto, a lua
sempre foi inspiradora, beijo

Regina disse...

Shirley, querida

Adorei essa poesia, ainda mais que fala sobre a Lua, que eu tanto gosto

Parabéns e um beijo carinhoso

Regina Célia

Laura Santos disse...

A lua traz recordações e não há perfume de jardim que apazigue as ausências.
Inspira também belos poemas como esse.
xx

Elisabete disse...

Lindos versos!
Bom domingo, Shirley

Rita Sperchi disse...

Amanhecer lendo um belo poema
só deixa nosso dia melhor,com perfume do jardim....ameiiii

Abraços de bom domingo

└──●► *Rita!!

Rosa Carioca disse...

Às vezes, sinto-me assim quando a olho...

Lindalva disse...

Lambendo ainda as feridas pela passagem do meu paizinho venho te convidar para votação da final do 9º Pena de Ouro... A vida continua e o tempo não para, por isso decidi reativar o concurso/brincadeira, que foi interrompido, quando papai quis ir fazer uma festa no céu. Então venha brincar comigo e os blogueiros que heroicamente não deixam a blogosfera fenecer. Um enorme beijo no coração.

http://ostra-da-poesia-as-perolas.blogspot.com.br/

Desculpe passar tão rápido pela tua casa e nem sentar e saborear teu post... O tempo urge e tirei o dia para convidar a blogosfera, depois volto com calma e te afago.

Guaraciaba Perides disse...

Oi, Shirley....você captou o próprio sentimento da lua e incorporou em seus versos a solidão que ela , a lua, inspira em quem a observa. nesse momento você se transformou na própria.
Um abraço

Vera Lúcia disse...


Ah... a lua...tão bela e inspiradora. Por sua natureza romântica ela não combina com a solidão.
Adorei seu poema, queridoka.
Lindão!

Feliz semana.

Beijossss.

Claudinha ੴ disse...

Que belo poema Shirley!
A manha para lidar com a Lua... Acho que também a perdi!
Bjs

ॐ Mara Bombo ॐ disse...

Hoje vim ver seu "cantinho de delicias poeticas" e está lindo e elegante como sempre!!!!! como você esqueceu de mim....rsssss vim deixar um beijão grandão!!!!!

Carla Ceres disse...

Não perdeu o jeito, não, Shirley. O poema está de prova. Acontece que, em época de superlua, as noites ficam impossíveis. :) Beijos!

O Árabe disse...

Belo texto, Shirley! E meu deu uma enorme vontade de passar a noite olhando para a lua, perdido nos meus pensamentos. Boa semana, amiga

Maria Alice Cerqueira disse...

Querida amiga boa noite hoje vim só para lhe desejar uma linda semana para você!
abraço amigo!
Maria Alice

Maria Alice Cerqueira disse...

Querida amiga boa noite hoje vim só para lhe desejar uma linda semana para você!
abraço amigo!
Maria Alice

Nyce Pinto. disse...

Olá Shirley, que lindo:

"Perdi o jeito esqueci a manha de lidar com a lua."...

A lua é sempre fonte de inspiração, as vezes pensamos que "perdemos o jeito", mas ele está apenas "adormecido"... Aplausos! Uma linda semana! Abraço.

Fábio Murilo disse...

De que vale a lua, a rua, anoite estreladas, se isso tudo é apenas um cenário vazio.

Ignacio Santana disse...

Bonitas y melancólicas palabras!!!

Un abrazo, Shirley...y muchas gracias!!! ;)

Helena disse...

São belos os teus poemas! São lindas as imagens associadas! Tens um cantinho iluminado de Poesia, onde a tua alma tece uma delicada rede em ternos versos. Tudo muito lindo por aqui! Parabéns e desejo cada dia mais sucesso em tua vida.
Deixo-te sorrisos e estrelas.
Com carinho,
Helena

Dorli disse...

Oi Shirley
Essa poesia é linda demais
A solidão dói.
Beijos no coração
Lua Singular

Claudio Chamun disse...

A Lua hipnotiza.
Nos encanta.
Entregamos a ela nossas forças, nossos desejos.
Belo!

Bjs

Claudio Chamun disse...

Aproveitando...
Estou na final do concurso da melhor poesia no Ostra da Poesia
A minha é “Eu choro em silêncio”, se achar legal, vote nela.
Precisa votar nos comentários e depois confirmar o voto no chat cujo banner está a direita da flecha piscante.

Evanir disse...

Com meu carinho de sempre venho agradecer
as palavras reconfortantes deixadas no meu blog.
Tudo isso me leva pra frente dizendo
continue ainda existe quem te quer bem do outro lado da telinha.
Ando protelando meu afastamento por
conta de pessoas tão importantes para mim como você é ,
a um longo tempo caminhando comigo.
Eu sou humilde demais , eu amo demais ,
eu me envolvo demais , eu luto demais ,
talvez seja essa garra que deixa
gente brava outras feliz e tão contente.
Hoje venho te pedir uma gentileza.
Apesar dos meu quase 10 anos de blog
por algumas vezes termino entrando
em alguma coisa , que me deixa feliz em participar
a mais de 5 anos deixei de participar de tudo nos blogs
por perder o encanto por muita coisa.
Veio o convite eu fui tentar ser poeta por um dia
hoje peço seu voto
se achar que meu poema vale seu voto.
Nome do meu poema?
"Você é minha Poesia"..
Endereço para votar.
http://ostra-da-poesia-as-perolas.blogspot.com.br/
È complicado pra mim pedir voto,
pois sempre achei que merece ganhar sempre
todos os pemas.
È lindo mesmo que seja um único pensamento.
Caso for votar é votar e confirmar seu voto
é complicado ,
mais acredito no seu potencial de
votar e de escolher.
Um abraço cheio de carinho.
Evanir.
PS.Quando terminar farei uma
postagem como o nome de todos amigos
que confiaram em mim seu voto.

Evanir disse...

Minha amiga estou vermelha de vergonha.

tesco disse...


De um jeito estonteante
a Lua surge tão bela
que a mente se desmantela,
não é privilégio teu.

Quando perdes esse jeito,
esse jeitinho sandeu,
de falar co'a mana Lua
Lobisomens vao pra rua
uivar todo seu direito.

Totalmente alienado,
de um modo abestalhado,
tiro um livro da estante
pra ver o que é, ou era,
que acalmava essa fera
que habita este peito meu.

Não tem Lua e nem tem livro!
O que me causa desgosto
é não ver teu lindo rosto
na tua janela aberta.

Esta é a coisa mais certa,
tenho que ver se me livro
do perfume de jasmim
que me persegue onde vivo:
Vem de ti, não do jardim!

Beijos.

Graça Pires disse...

Gostei do poema. Afinal a lua é companheira inseparável dos poetas...
Um beijo.

Roselia Bezerra disse...

Olá, querida Shirley
Muito bonitos tanto o poema como a imagem que anexou ao post...
A solidão acaba nos deixando serenas...
Bjm fraterno de paz e bem

Dorli disse...

Oi Shirley
Passando para lhe desejar uma linda noite.
Obrigada pelo carinho
Beijos
Lua Singular

Cidinha disse...

Olá, Shirley. A lua e sua magia, muitas vezes nos embriaga. Obrigada por esse belo momento!! Adorei tudo. Obrigada pelo carinho! Linda noite e fim de semana. Bjossssss!

Mona Lisa disse...

A Lua , companheira de quem ama!

Magnífico poema.

Beijinhos.

EU disse...

O jeito de lidar com a lua, não perdeu decerto. Pelo menos poeticamente, Shirley. Adorável!
Bjo :)

O Sibarita disse...

Ô moça! kkk A lua né? Tão boa, tão suave, tão desejosa a dois, repare... kkkkkkkkkk


Beleza!

O Sibarita