CLICK HERE FOR BLOGGER TEMPLATES AND MYSPACE LAYOUTS »

SINO DO VENTO

Nº DE ACESSOS DESDE 22/11/2010

contador de visitas

NEFERTITI

NEFERTITI

Amigos Caminhantes

POSTAGENS RECENTES

KYPHI PARA ILUMINAR OS SONHOS

KYPHI PARA ILUMINAR OS SONHOS
incenso egípcio

ASFALTO DAS HORAS RECEBEU O SELO DA VEJABLOG - OS MELHORES BLOGS DO BRASIL

ASFALTO DAS HORAS FAZ PARTE DOS MELHORES BLOGS CULTURAIS

http://meublogtemconteudo.blogspot.com/
Obrigada por visitar e comentar as postagens

CADASTRE-SE E RECEBA AS ATUALIZAÇÕES NO SEU E-MAIL

Seu e-mail:

Delivered by FeedBurner

10 de maio de 2014

SOU OUTRA


Não quero ser esquecida
exilada dos sonhos
expulsa do Eden.
Enquanto te espero
bebo da fonte sublime
e infinitamente sábia da  vida.
Se para o pensamento
 não existe espaço nem tempo
desenho no palco do infinito
 rabiscos de paz
 e enfeito-me de mil cores
com as fímbrias do luar.
Porque te amo
quero estar bonita
iluminada sim 
para resgatar meu coração 
 do contorno escuro e triste do nanquim...


Shirley Brunelli Crestana

49 COMENTE AQUI:

✿ chica disse...

Um resgate justo e lindo! beijos,tudo de bom,chica

Dorli disse...

Oi Shirley,
Linda a poesia, resgate esse seu lindo coração.
Feliz dia das mães
Beijos
Lua Singular

ONG ALERTA disse...

Sempre buscamos algo...
Feliz dia das mães beijo Lisette.

Nilson Barcelli disse...

Continua assim bonita e iluminada.
Como mulher e poeta.
Os teus leitores agradecem.
Tem um bom fim-de-semana, querida amiga Shirley.
Beijo.

Guaraciaba Perides disse...

Oi, Shirley, uma bela alma que se quer bela para o mundo...e o mundo agradece a sua presença suave e aberta para alegrá-lo e receptivo à oferta trará sempre mais amor.
Um abraço e muita paz e amor.

José Carlos Sant Anna disse...

Este diálogo leva o coração ao seu destino, ao tu que eu sabe aonde está. Por ti quero reflorescer. Ao teu encontro. É o que diz o sujeito. Um belo poema.
Beijos, Shirley!

Jorge disse...

Um belo e fantasioso poema [faz falta uma varinha mágica] em que o essencial só se vê com o coração.
Bjs
J

Laura Santos disse...

Todas as esperas que valem a pena exigem uma certa arte...e um certo engenho também...:-)
Poema muito bonito, Shirley!
xx

JAIRCLOPES disse...

É assim…

Ser esquecida a poeta não deseja
E exilada dos sonhos quem sabe
Talvez somente sonhando esteja
E esse sonho ao acordar se acabe

Bebe da fonte sublime na espera
Usufruindo da sabedoria da vida
Não busca portanto uma quimera
Que está quase sempre de saída.

Relativos são o tempo e espaço
E ela quer bonita portanto estar
Embora seja palco tão escasso.

Vai esperar para sempre apesar
De não divisar em tudo um laço
Que a possa novamente laçar.

Emília Pinto disse...

Há alturas em que nos sentimos vazias, vazias de amor, de afeto, de atenção; o nosso coração está sem cor , não passa de um " contorno escuro e triste de nanquim ", mas a esperança se mantêm e um dia um amor vem e ele se encherá de cor vermelha de paixão, de verde de esperança numa nova vida ou daquele dourado maravilhoso do nosso querido rei sol. Seremos outras, com toda a certeza.
Desejo-te um feliz Dia das Mães e que assim sejam todos os outros dias que a vida te conceder Um beijinho de grande amizade.
Emília

O Sibarita disse...

Ei dona moça! kkkk É outra é? Ah bom... kkkk

Claro, não será expulsa do jardim não, quem lhe disse isso? kkkkkk

Sei, continua bonitona para quando chegar a hora do encontro, né? Oi que bom! kkkkkkk

Belo poema, vc é retadinha mesmo!

FELIZ DIA DAS MÃES!

O Sibarita

O Sibarita disse...

Ei dona moça! kkkk É outra é? Ah bom... kkkk

Claro, não será expulsa do jardim não, quem lhe disse isso? kkkkkk

Sei, continua bonitona para quando chegar a hora do encontro, né? Oi que bom! kkkkkkk

Belo poema, vc é retadinha mesmo!

FELIZ DIA DAS MÃES!

O Sibarita

Nyce Pinto. disse...

Lindo poema! Feliz Dia das Mães, muitas alegrias neste domingo! Um abraço...

Cidália Ferreira disse...

Bom dia

Que poema maravilhoso! Adorei


Beijo e um bom Domingo.

http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

Malu Silva disse...

Seus poemas sempre a enaltecer o amor. Belos e suaves! Eu gosto. Um abraço

Arione Torres disse...

Oi Shirley, que voce tenha um dia mais do que especial! Se voce for mae ne kk
Beijos e tenha uma excelente semana!

manuela barroso disse...

Que melhor forma de aparecer senão vestida de paz e de arco-íris!
Ninguem pose esquecer tal imagem, tal poesia!
Muito belo
Beijinhos Shirley

Fábio Murilo disse...

Poema muito bonito, Shirley. Palavras bem colocadas, com habilidade e maestria. Precisa e contundente. Gostei!

Tatiana Moreira disse...

Fiquei imensamente feliz em receber a sua visita em meu blog e assim ter a oportunidade de estar aqui... Apreciando o seu belíssimo dom!
Um abraço carinhoso

Claudio Chamun disse...

Se for expulsa do Éden terá seu próprio paraíso, pois mesmo com
o contorno escuro, o coração brilhará ao ser resgatado.

Giuliana disse...

Fênix !!!! Trans-mutante! Purpurina violeta,lótus do saber ! Que mais dizer, mama!!! Vida eterna à tua arte !!!!

Dorli disse...

Oi Shirley,
Não caio não da cama, pois foi meu marido quem fez: ela pesa 50 kg de ferro e é baixinha, a outra de madeira caiu e quase "matou meu amor".
Se eu cair da cama levo o meu bem também, pois durmo agarradinha.
A postagem que vou colocar amanhã não será sonho imaginário e sim algo inusitado que fotografei. Só aqui na minha cidade acontece essas coisas.kkkk
Beijos poetisa
Lua Singular

Samuel Balbinot disse...

Boa tarde Shirley.. não tem como ser expulsa de um lugar que esta dentro de ti e de cada um de nós..
o pensamento cria.. tudo é real, tudo existe e vibra conforme o que emanamos de nós..
sobre teu comentário. sou de muito acordo tb..
respeito quem tem.. vejo meu irmão sempre pendurado naquela ferramenta destrutiva..
esses facebook é uma piada.. tem gente se suicidando e muitos casos passando por ele.. eu to bem livre tb.. sequer celular tenho srs
bjs amiga querida.. até sempre

Carla Ceres disse...

É isso aí. Nada de pretinho básico, Shirley. Você nasceu pros longos esvoaçantes de luar iridescente. Beijos!

São disse...

Que esteja sempre iluminada e que prossiga escrevendo textos assim bonitos.

Boa semana

Rita Sperchi disse...

Uma poetiza como vc jamais será
expulsa de lugar nenhum vista-se com seus encantos e continue a escrever coisas maravilhosas

Abraços de boa semana
Bjusss
Rita╭•⊰✿

Araan disse...

Feliz dia das mães!
Lindo poema
beijos

Cidinha disse...

Oi, Shirley. Boa noite! Que dizer? maravilhoso!! radiante! doce. Vc é iluminada! Querida amiga em tudo está sua luz, sua alma. Obrigada por partilhar! Bela imagem. Linda semana! Bjossss.

ricardo alves / são paulo,brasil disse...

antes tarde do que nunca rs...mas reparo que você é uma excelente alquimista de sabedoria e poesia!

António Jesus Batalha disse...

Seu blog é encantador, estive a ver e ler algumas coisas, não li muito, porque espero voltar mais algumas vezes,mas deu para ver a sua dedicação e sempre a prendemos ao ler blogs como o seu. Se me der a honra de visitar e ler algumas coisas no Peregrino e servo ficarei radiante, e se desejar deixe um comentário. Abraço fraterno.António.

Dorli disse...

Oi Shirley,
Enquanto eu viver eu almejo ser feliz...
A vida é um foguete, de repente estamos n'outra dimensão.
Beijos
Lua Singular

Lilá(s) disse...

Linda mulher e poeta, além de bonita muito iluminada.
Bjs

Jane disse...

Boa noite Shirley!
Retribuindo a visita e te parabenizar pelo blog,adorei tudo aqui.
Beijossss

SOL da Esteva disse...

O nosso maior desejo é tornar-se naquela(e) que esperam sejamos.
"[...]Porque te amo
quero estar bonita
iluminada sim
para resgatar meu coração [...]".
E o coração é resgatado pela partilha que damos de nós.
Um Poema repleto de sensibilidade.


Beijos


SOL

Vera Lúcia disse...


Que lindo, Shirley!
A bela poetisa jamais seria esquecida, pois imensa é a sua luz. O resgate do coração é a mais sábia forma de espera.
Belíssimo, queridoka.

Beijão.

Daniel C.da Silva (Lobinho) disse...

Quando somos bonitos por dentro, tudo o resto se faz lindo! Pois que nos vistamos dessa beleza que irradia :)

beijo amigo

O tempo das maçãs disse...

Uma espera bastante proveitosa, Shirley.Com certeza estará bem preparada para quando ele chegar.Adorei!

Beijo.

Antonio Reis disse...

É preciso ser esta metamorfose e se permitir sempre às inovações,que elevam nosso ser, nossa estima.
Lindo e profundo estimulador Shirley.
Desejo que as semana esteja a fluir bem com belas inspirações sempre.
Meu terno abraço amiga.
Beijo.

Lúcia Bezerra de Paiva disse...

Iluminado amor, que vive resgatando o coração que o abriga e rejuvenesce ,dia a dia... e se transforma em poesia.
Um beijo.

Nádia Santos disse...

Shirley Querida, eu não só me sinto outra, mais muitas outras dentro de mim e todas não querem ser esquecidas. Lindo como sempre. Um bj

Solange disse...

depois de um tempo afastada, estou retornando com meu blog..
adoraria receber tua visita..

bjs.Sol

Solange disse...

e quando vivemos conosco, as cores são mais claras..

bjs.Sol

Malu Silva disse...

Vim desejar uma bela tarde e agradecer seu carinho...

Zilani Célia disse...

OI SHIRLEY!
QUEM AMA, ENFEITA-SE, PARA O SER AMADO...
LINDO!
ABRÇS
http://zilanicelia.blogspot.com.br/

Elton Sipião o Anjo das Letras disse...

Shirley, eu recebo seu elogio com muito orgulho e extremado carinho. Sempre procurei escrever com toda força e inspiração da minha alma. E hoje tendo a consciência da presença da Deusa Branca inspirando-me, tenho até mais confiança no que escrevo.

Quanto a tua poesia intitulada “Sou outra”, ela está bem escrita, escrita numa linguagem poética onde a beleza se faz presente. Percebi que tens talento para a escrita literária poética.

Por isto mesmo um elogio vindo de tua parte apenas me envaidece, nada melhor que um poeta menor como eu ser elogiado por uma bela poeta como tu.

Que a Deusa Antiga esteja sempre contigo a abençoando e inspirando-te há escrever cada dia melhor.

André Foltran disse...

Achei belo!

Julio Aragão disse...

Que lindo, Shirley! Suas palavras dançam!

Lourdinha Vilela disse...

Enfeitada de amor, jamais serás esquecida.
bjs
LINDO!!!

tesco disse...

Pensas ser marionete
de cartão em preto e branco?
Nesse caso vou ser franco:
Não precisas colorido!
Não pode ser esquecido
um jardim qual foi o nosso
(te dizer agora posso),
de orquídeas e sempre-vivas.
Não abandones, ó Diva,
o espaço que possuis
tão claro e cheio de luz,
esquece o tempo que finda,
pra mim sempre foste linda!
Até que o universo congele,
sempre serás minha "La Belle"
e eu serei teu "La Bête"!

Beijos.