CLICK HERE FOR BLOGGER TEMPLATES AND MYSPACE LAYOUTS »

SINO DO VENTO

Nº DE ACESSOS DESDE 22/11/2010

contador de visitas

NEFERTITI

NEFERTITI

Amigos Caminhantes

POSTAGENS RECENTES

KYPHI PARA ILUMINAR OS SONHOS

KYPHI PARA ILUMINAR OS SONHOS
incenso egípcio

ASFALTO DAS HORAS RECEBEU O SELO DA VEJABLOG - OS MELHORES BLOGS DO BRASIL

ASFALTO DAS HORAS FAZ PARTE DOS MELHORES BLOGS CULTURAIS

http://meublogtemconteudo.blogspot.com/
Obrigada por visitar e comentar as postagens

CADASTRE-SE E RECEBA AS ATUALIZAÇÕES NO SEU E-MAIL

Seu e-mail:

Delivered by FeedBurner

18 de março de 2014

CÉU NUBLADO


O olhar da mente
no céu nublado
vertigem ao avesso.
A inutilidade
 das palavras desconexas
no fundo infinito do poço
no limite precário do bolso.
A realidade a escorrer na pele da alma
a lamentar a violência e a fome
apenas um voo.
Pela janela
a mente acende
 as cores os sons os amores
e eu descanso nas nuvens
na delícia dos teus braços...

Shirley Brunelli Crestana

34 COMENTE AQUI:

✿ chica disse...

Linda poesia e as nuvens passam...As no e do blog também passarão,rs bjs,chica

Guaraciaba Perides disse...

Em dias de céu nublado e realidade caótica das notícias...ter um peito amigo para se abrigar é realmente um porto seguro. Interpretação livre do seu texto .
Um abraço

Laura Santos disse...

Ao menos que existam esses braços para descansar; não só dos dias nublados mas sobretudo do que está no mundo virado do avesso, e que chega a criar náusea.
Belo poema, Shirley! Gosto sempre muito da forma original e tão poética como os seus poemas fazem a "reviravolta".
xx

Ivone disse...

Lindo poetar, às vezes há céu nublado para nos fazer dar valor ao lindo céu quando está azulado, e também, por que não, ao amor ao aconchego dos braços que nos acolhem!
Amei ler!
Abraços!

Sotnas disse...

Olá Shirley, e que tudo esteja bem!

É como diz no teu belo poema Shirley, em muitos momentos tudo pode ser diferente, pois somente depende da maneira como olhamos e interpretamos o que vemos, pois como disse o poeta, a beleza está nos olhos de quem vê!
Eu também notei diferenças no blogger na minha última postagem, pois a imagem não está da maneira que fiz, ficou com muito ruído.
E assim esperamos que seja somente uma breve fase, e que tudo volte à normalidade.
Obrigado por compartilhar teus belos sentimentos, pelas tuas gentis visitas e comentários e pela tua amizade também.
Eu desejo que seja sempre deveras intenso este teu feliz viver, um grande abraço e, até mais!

O Árabe disse...

E não existe descanso melhor, Shirley, do que esse nos braços do ser amado. Ainda que o céu possa estar nublado. :) Boa semana!

Nilson Barcelli disse...

Nem são precisas palavras quando se trata de descansar nos braços da pessoa amada.
Magnífico poema, gostei muito.
Shirley, tem um bom resto de semana.
Beijo.

Cidália Ferreira disse...

Boa tarde

Adorei ler este poema maravilhoso..

Deixo um beijo.

Espero por si aqui.
http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

Élys disse...

Momentos da vida... Acima das nuvens o Sol se,mpre estará brilhando.
Beijos,
Élys.

Carla Ceres disse...

O céu dos blogs costuma ficar nublado de vez em quando, Shirley. Não se preocupe que logo melhora. Beijos e parabéns pelo poema!

Marco Rocca disse...

Lindo demais este poema, amiga. Adorei!

Samuel Balbinot disse...

Boa noite Shirley, temos que dar as palavras envoltas em finos véus.. elas são a nossa força de seguir a caminhada.. mesmo dentre tanta dificuldades elas , somente elas podem dar a volta por cima..
sobre teu blog é levinho.. muitos outros que são o problema.. e creio que não seja só comigo que isso aconteça.. muita gente perde a paciência para er ou comentar algo que não carrega né.. bjs e uma linda noite

Lourdinha Vilela disse...

O amor é a cura,o oásis, o porto seguro. nada melhor que estar nos braços desse amor enquanto a tempestade passa.
Um abraço.

Jossara Bes disse...

Enquanto a vida dói do outro lado da janela...Felicidade,aconchego, paz no coração!
Seja sempre muito feliz!
Beijos!

Cadinho RoCo disse...

Um poema que faz a leitura da gente dançar.
Cadinho RoCo

Rui - Olhar d'Ouro disse...

Muito bonito! Gostei muito!

Vera Lúcia disse...


Olá querida Shirley,

Não é 'azar', amiga, é apenas uma fase negra com a navegação. Dizem que a palavra 'azar' não deve ser utilizada, pois atrai negatividade-rsrs.

É preciso descansar a mente dos lamentos da realidade e não existe melhor lugar do que nos braços da pessoa amada.

Que a sorte lhe volte a sorrir com a navegação.

Beijão.

Luciana Crestana N.Lima disse...

Lindo , lindo e muito lindo poema ! Saudades dd você , bj

SOL da Esteva disse...

Sentir apenas um abraço, já nos dá um novo alento, uma nova confiança... E não há nuvem que possa tapar o sentimento.
Lindo!


Beijos


SOL

LUZ disse...

Oi, querida Shirley!

Agradeço sua visita e gentis palavras lá no blogue.

Sua poesia sucinta, mas sempre tão precisa e completa.

Assim, pode haver, poeticamente falando, céu nublado, tsunamis, fomes, pestes, guerras, tudo o que seja ruim, porque há uns braços que nos esperam, com amor, e onde repousamos, deliciadas, em fulgor.

Beijos da Luz, carinhosamente.

PS: postarei, amanhã, DIA MUNDIAL DA POESIA. Aguardo você. obrigada!

Kellen Bittencourt ( Trilhamarupiara) disse...

Querida amiga tomara que resolva logo os problemas com o blog! Linda poesia! bjossss

Denise disse...

Shirley, linda poesia. Tive problemas com os comentários em meu blog, usando o Chrome. Um dia resolvi experimentar o Firefox e os problemas desapareceram. Tente, quem sabe vc consegue resolver. Muita paz!

tesco disse...

Na delícia dos teus braços
Os problemas adormecem
Agruras a mente esquece
O Sol, que vem, nos aquece
E atiça uma fome animal...

E seguindo esses passos
Artimanhas arrefecem
A ventura reaparece
E até o blog, parece,
Termina co'a sanha infernal!

Beijos.

José Carlos Sant Anna disse...

Duas realidades que se opõem para o o eu lírico: a realidade e a fantasia. Há coisa melhor que esquecer as agruras da vida deste modo?
beijos, caríssima amiga,

Arione Torres disse...

Oi querida amiga Shirley, feliz dia do poeta!!!
Boa sorte com o pc!! Lindo poema!!
Tenha uma linda semana, beijos!!

heretico disse...

belo. de uma sensualidade doce e vibrante.

beijo

Dorli disse...

Oi Shirley,
Às vezes o céu fica nublado na minha vida, mas com uma força intrínseca e a dos bons amigos o céu começa a dar sinal de raios de esperanças.
Seu poema é especial
Beijos poetisa
Lua Singular

Lilá(s) disse...

Belo poema, Shirley!
Beijinhos

Nita Oliveira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Nita Oliveira disse...

Gostei de passar por aqui e fiquei.
Bom fim de semana
Beijo.
Nita

Tunin disse...

O céu nublado em nossas vidas, alerta-nos para valorizarmos a pontinha do azul que sempre aparece para nos alegrar.
Beleza de poema. Uma linguagem perfeita.
Obrigado por comentar lá no blog.
Abração.

Rita Sperchi disse...

Como sempre sabe como poetar
lindos versos
Sabe que sou uma fanzoca daqui
Quanto ao probleminha as vezes acontece por aqui tbém, não abre de jeito nenhum

Abraços de sempre
ღ(•‿•)ღ
.._/█\_ ♡..Rita!!

Nyce Pinto. disse...

Olá Shirley! Que lindos teus escritos, poesia terna e sensível!
E com os blogs, bem...tenhamos paciência! Feliz final de semana! Abraços...

Jorge disse...

Adoro a tua forma de escrever, de estar e de sentir...conclusão, AMO VOCÊ!