CLICK HERE FOR BLOGGER TEMPLATES AND MYSPACE LAYOUTS »

SINO DO VENTO

Nº DE ACESSOS DESDE 22/11/2010

contador de visitas

NEFERTITI

NEFERTITI

Amigos Caminhantes

POSTAGENS RECENTES

KYPHI PARA ILUMINAR OS SONHOS

KYPHI PARA ILUMINAR OS SONHOS
incenso egípcio

ASFALTO DAS HORAS RECEBEU O SELO DA VEJABLOG - OS MELHORES BLOGS DO BRASIL

ASFALTO DAS HORAS FAZ PARTE DOS MELHORES BLOGS CULTURAIS

http://meublogtemconteudo.blogspot.com/
Obrigada por visitar e comentar as postagens

CADASTRE-SE E RECEBA AS ATUALIZAÇÕES NO SEU E-MAIL

Seu e-mail:

Delivered by FeedBurner

27 de março de 2013

DESAMOR



Cansada estou
de ouvir a mesma voz
aturar a  mesma ladainha
ser alvo do mesmo desamor...
Já é madrugada
caminho até a janela
e de repente
o meu verdadeiro eu sente-se leve
brinca no espaço sideral
pendurado nas tranças amarelas da lua.
Vejo vultos de anjos saltitando nas estrelas
e meus pensamentos se perdem
nos caminhos transparentes da solidão...
Porém
no escuro da alma permanece
o mesmo vazio
a mesma voz
o mesmo desamor...


Shirley Brunelli Crestana

22 de março de 2013

TOQUINHO



Eu tinha
um amigo inseparável
fiel companheiro
luz que se apagou.
Meu cãozinho
atendeu ao chamado do Alto
e partiu de repente.
Ele era encantador
me protegia e eu o amava...
Amenizo sua ausência
com a serenidade das lembranças
e agradeço o amor recebido  
com a sinceridade das minhas lágrimas.
Por isso
sua foto continuará neste  blog
sua imagem estará sempre em meu coração
e a saudade ficará eternamente em minha alma...


Shirley Brunelli Crestana

14 de março de 2013

COERÊNCIA



Os poetas já não sabem o que dizem
estão cheios de intenções e de mentiras
só o universo é coerente.
Estou perplexa
quero terminar esse poema
porém
cinzas da incompetência
 encobrem-me os meandros da  mente
a aridez das idéias instala-se no meu espírito
procuro inspiração nos espaços vazios dos átomos
apelo aos santos e à lua
e nenhum verso extraordinário acontece.
Desisto
já tentei de tudo
os astros são testemunhas...
Acho que vou entrar
depilar as pernas
 e lixar as unhas...


Shirley Brunelli Crestana

6 de março de 2013

SOLIDÃO GERA POEMA



Apenas o meu cãozinho
e o telefone preguiçoso
tentam entreter os meus mistérios
no abandono desta noite de sábado.
Os vizinhos não estão em suas casas
e os meus fantasmas bateram em retirada.
Plena de agonia
de íntimo silêncio
de céu sem lua
pergunto-me
por que ninguém aparece
para me dizer
em que curva da Via Láctea me perdi?...
Se esse vazio é ilusório
deve haver teoria que comprove
mas não vou pensar nisso agora
quero ver a novela das nove.


Shirley Brunelli Crestana