CLICK HERE FOR BLOGGER TEMPLATES AND MYSPACE LAYOUTS »

SINO DO VENTO

Nº DE ACESSOS DESDE 22/11/2010

contador de visitas

NEFERTITI

NEFERTITI

Amigos Caminhantes

POSTAGENS RECENTES

KYPHI PARA ILUMINAR OS SONHOS

KYPHI PARA ILUMINAR OS SONHOS
incenso egípcio

ASFALTO DAS HORAS RECEBEU O SELO DA VEJABLOG - OS MELHORES BLOGS DO BRASIL

ASFALTO DAS HORAS FAZ PARTE DOS MELHORES BLOGS CULTURAIS

http://meublogtemconteudo.blogspot.com/
Obrigada por visitar e comentar as postagens

CADASTRE-SE E RECEBA AS ATUALIZAÇÕES NO SEU E-MAIL

Seu e-mail:

Delivered by FeedBurner

7 de dezembro de 2013

E EU TE ADORO


Abri trincheiras para me proteger
construí muros inventei fantasmas
criei algozes que me provocaram dores...
Pensei em te pedir que me devolvesses
todas as estrelas que te dei
o luar que te emprestei...
Agora eu sei
tiveste também
 a mesma sensação de tudo acabado.
Mas
ontem rimos de todas essas bobagens
as dúvidas desmancharam-se ao vento
foi resgatada a confiança plena 
que habitava o nosso ser
e a felicidade voltou como um meteoro
porque tu me amas
e eu...te adoro!


Shirley Brunelli Crestana

44 COMENTE AQUI:

✿ chica disse...

Quando o amor existe ele não acaba e o melhor é entregar-se à ele! Lindo!beijos,chica

Nilson Barcelli disse...

Ao amor, de nada valem trincheiras e outros obstáculos. Ele quase sempre vence...
Belo poema, gostei muito.
Shirley, tem um bom fim de semana.
Beijinhos.

Fred Caju disse...

Lembrei do Bandeira:


Neologismo

Beijo pouco, falo menos ainda.
Mas invento palavras
que traduzem a ternura mais funda
E mais cotidiana.
inventei, por exemplo, o verbo teadorar.
Intransitivo
Teadoro, Teodora.

Sor.Cecilia Codina Masachs disse...

Buenas tardes mi querida Shirley, cuanto bien nos hace hablar y poner las cosas en claro. Imaginar cosas que no son, nos hacen mal pensar y crear situaciones que no existen.
Un buen poema.
Reciba mi ternura
Sor.Cecilia

José Carlos Sant Anna disse...

É tão bom reencontrar o mapa das raízes perdidas, refundir as mãos, os rostos, os corpos... "Beleza pura, Shirley!
Beijo!

Laura Santos disse...

Ah que lindo, Shirley!
Por vezes inventam-se fantasmas que podem destruir uma relação. Que bom que neste poema o amor sobreviveu.
Adorei o final do poema.
xx

Carla Fernanda disse...

Final feliz!! Adoro!!

Beijos

Dorli disse...

Mama mia!
Isso é que é fazer poesias.
Lindas metáforas
Você é genial no que faz
Parabéns
Lua Singular

Natália disse...

Olá Shirley.
Venho agradecer a sua visita ao meu blog.
Já estou seguindo o seu.
Adorei o poema.
Quando o amor é verdadeiro consegue-se ultrapassar todos os obstáculos.
Beijos.

JAIRCLOPES disse...

Limerique


Triste e desiludida a sua maneira
A poeta constrói muro e barreira
Para dele se afastar
Para não mais pensar
Mas descobre que tudo foi tonteira.

Maria Emilia Moreira disse...

Olá Shirley!
E viva o amor! Que os amantes se sintam felizes enquanto o amor durar. E quem dera que dure a vida inteira!!Mais um belo poema.Um abraço de Portugal.
M. Emília

Guaraciaba Perides disse...

Oi, Shirley...poderia ter sido uma guerra mas graças a Deus houve um armistício e a paz voltou a reinar.Que bom!
Um abraço

Vera Lúcia disse...


Ah, querida Shirley, que coisa mais linda. A imagem, por si só, já e uma deleite.
Certas barreiras podem provocar mal entendido e esfriar um lindo amor. Ainda bem que não foi o caso e o amor levou a melhor.

Adorei!

Ótimo final de semana.

Beijo.

Rita disse...

Bom dia bom domingo!
Que lindo e que bom que terminou bem
é o amor sempre vencendo lindo lindooo
Abraços de sempre

•✿.•°°•°°•.•✿⊰Rita!!!!

Paulo Francisco disse...

Quando encontramos o que nunca foi perdido. Estava sempre ali, pertinho da gente.
Um beijo grande.

Marisa Giglio disse...

Shirley

Bom ter conhecido seu espaço .
Bela escrita .
Sou sua mais nova acompanhante neste Asfalto .
Abraços

Cidinha disse...

Olá, Shirley. No amor vale tudo!! Belíssimo todos os versos. Obrigada por nos proporcionar esse belo momento de poesia! Continuo um pouco ausente, problemas com a saúde e trabalho. Más não desisto! Bjos e bom domingo. Agradeço o carinho!!

Smareis disse...

Shirley no amor eu acredito que tudo é valido desde que seja pra um final feliz. Adorei o poema!
Beijos!

Mirtes Stolze. disse...

Que lindo Shirley.
Realmente o amor é mais forte do que tudo,ele já nasce sendo vencedor.
Um lindo domingo.
Beijos.

Maria Ferreira N. Vechi disse...

Lindas palavras, o amor sempre será a razão da paz,esperança....
Bjs,ótima semana!

Samuel Balbinot disse...

Boa tarde Shirley.. entre essas brigas rotineiras o amor vai sendo construído.. todos passamos por isso.. mas no fim o amor prevalece.. abração amiga

heretico disse...

poema de uma sensualidade doce e bela.

gostei

Ingrid disse...

o amor sincero q profundo..
declaração de emocionar..
beijo e linda semana querida.

Lúcia Bezerra de Paiva disse...

Tão simples, a reconciliação, quando há amor, adoração! Aí, a poesia corre solta e linda...assim!
Beijos!

Nádia Santos disse...

Nossa, que delícia de poema!!! Tudo de lindo, bjus querida.

Cadinho RoCo disse...

Amar é sempre muito bom!
Cadinho RoCo

Carla Ceres disse...

Oi, Shirley! Vou dar uma sugestão porque gostei demais do poema. Que tal mudar o título? Do jeito que está, o fecho perde o impacto porque foi antecipado pelo título. É como se o "Soneto da Fidelidade", do Vinícius, se chamasse "Mas que Seja Infinito enquanto Dure". Bom, palpites à parte, é um senhor poema. Beijos!

Lídia Borges disse...


Do amor!...

O sentimento mais nobre e duradouro que o soubermos guardar e cuidar.


Um beijo

Arione Torres disse...

Oi amiga, que lindo poema!
Beijos e ótima semana para ti!

JP disse...

Não há trincheiras para o amor....


Beijinho

Claudio Chamun disse...

É! Não se luta contra o amor.
Que foto expressiva.
Bjs

Lilá(s) disse...

Poema de amor doce e belo!
Bjs

teca disse...

Intenso, cheio de boas intenções...

Beijos e flores.

ONG ALERTA disse...

Por amor se faz tudo.
Beijo Lisette.

Claudete disse...

Obrigada pela visita e reencontro Shirley, parabéns pelo Livro!

O Árabe disse...

Maravilhas do amor... que em um instante apaga todas as dúvidas! Belo poema, Shirley; boa semana.

Dorli disse...

Olá Shirley,
Passando para agradecer o comentário e lhe dizer que o conto que vou postar amanhã é um pouco diferente, é meio clássico.kkk
Beijos
Lua Singular

manuela barroso disse...

E tudo está bem quando acaba bem e...com arte poética
Beijinho Shirley

Lourdinha Vilela disse...

Que maravilha, o amor vencendo, vão-se por terra as mágoas as dúvidas.
Que os amores sejam eternos.sou passando para te desejar um Lindo NATAL E ANO NOVO com muito amor, saúde e paz, muita inspiração e poesia.
Bjs. minha amiga.


Milton Kennedy disse...

Olá Shirley, belo poema. E que bom que tem um final bacana.
Grande abraço, saúde e paz.

:.tossan© disse...

Belíssimo poema, natural,
real, confesso e corajoso.
Lindo! Beijo

MAR disse...

Bellissimo, preciosoooo.
Un abrazo grande.
mar

tesco disse...

A magia do reencontro quando o amor impera: "Nada existe em você que eu não ame, sou metade sem você!" (R. Rossi).
Beijos.

Você Sabia disse...

Adorei!!