CLICK HERE FOR BLOGGER TEMPLATES AND MYSPACE LAYOUTS »

SINO DO VENTO

Nº DE ACESSOS DESDE 22/11/2010

contador de visitas

NEFERTITI

NEFERTITI

Amigos Caminhantes

POSTAGENS RECENTES

KYPHI PARA ILUMINAR OS SONHOS

KYPHI PARA ILUMINAR OS SONHOS
incenso egípcio

ASFALTO DAS HORAS RECEBEU O SELO DA VEJABLOG - OS MELHORES BLOGS DO BRASIL

ASFALTO DAS HORAS FAZ PARTE DOS MELHORES BLOGS CULTURAIS

http://meublogtemconteudo.blogspot.com/
Obrigada por visitar e comentar as postagens

CADASTRE-SE E RECEBA AS ATUALIZAÇÕES NO SEU E-MAIL

Seu e-mail:

Delivered by FeedBurner

2 de setembro de 2013

SINAIS


Meus olhos cansados
colecionam asas e madrugadas
quando o canto de uma rolinha
parece bicar a semente da manhã.
O vidro da janela
separa-me do mundo
mas
para deleite da alma
tenho a paisagem verde do quintal...
Ousadamente amanhece
enquanto o silêncio da noite agoniza
nas roupas esquecidas no varal...


Shirley Brunelli Crestana

33 COMENTE AQUI:

Dorli disse...

Oi Shirley,
Linda poesia grande poetisa.
Essas coisas lindas só poderiam sair de você.
Boa noite
Beijos
Lua Singular

Ricardo- águialivre disse...

Bom dia

Simplesmente MARAVILHOSO...Palavras lindas

Fique feliz
************************
http://pensamentosedevaneiosdoaguialivre.blogspot.pt/

✿ chica disse...

Maravilha e que lindo varal esse também!Adorei a poesia! beijos,chica

Milton Kennedy disse...

Bom dia Shirley,
um belo poema para começar o dia.
Parabéns.

Abraços, saúde e paz.

Samuel Balbinot disse...

Bom dia Shirley.. sinais de que a natureza tudo permeia, nos toca sempre mesmo no mais profundo silencio do nosso ser.. lindo dia amiga bjs

Rovênia disse...

...mas aí, a gente pega as roupas esquecidas no varal e veste a sua poesia. Um ótimo dia para você!

Carla Ceres disse...

"Ousadamente amanhece" é elegante demais, Shirley. Gosto de poemas com varal. Também tenho um, mas é chuvoso. :) Acho que vou postar no blog pra você ver. Beijos!

Vera Lúcia disse...


Olá querida Shirley,

Nada como a beleza da natureza para dar repouso aos olhos e à alma.

Lindíssimo, miguxa.

Belo dia procê.

Beijo.

Rita disse...

Sinais que ficou maravilhoso

Parabens minha linda como sempre
deixando o melhor pra nós
Bjuss com carinho
_________Rita!!

Laura Santos disse...

Sua poesia é estrondosa em simplicidade e beleza!
Gostei muito!
xx

Sor.Cecilia Codina Masachs disse...

Hola mi querida Sherley, ya estoy de regreso de mis largas vacaciones, casi 3 meses, pero ya me tiene aquí, leyendo su bella poesía. Tener el patio verde, levantarse con valentía y olvidar el pasado para empezar cada día.
Gracias
Un abrazo
Sor.Cecilia

Pedro Luis López Pérez (PL.LP) disse...

Ese silencio de la Noche que agoniza en esas roupas esquecidas no varal...¡¡¡Que bien lo has definido!!!
Abraços e beijos.

Guaraciaba Perides disse...

Que lindo Shirley!...entra na sintonia fina de vivenciar a realidade do amanhecer em um novo dia,sorvendo o sabor dos elementos que compõe a beleza poética do cotidiano. Reflexão que somente um poeta pode fazer.Parabéns!
Um abraço

PAULO TAMBURRO. disse...

Pois é SHIRLEY,

roupas esquecidas nos varais!

E os varais que foram esquecidos pela vida?

Varais de casas humildes,tem um bambu a erguê-los, e na terra árida, batida, poeirenta e sem vida, o velho cão da família sofrego , cansado, só tem como alimento, o mormaço.

Varais esquecidos sem a paisagem verde dos quintais.

Separados do mundo, não por uma janela e sim, pela opulência descabida daqueles que, de tanto que têm, provocam o nada,a míngua, o coisa nenhuma de felicidade, à disposição de tantos.

Vá SHIRLEY,recolha suas coloridas roupas, com seus olhos cansados, mas creia que, ousadamente amanhece para você , para mim, mas pense na multidão de donos de varais esquecidos e que, continuarão, nas trevas das noites agonizantes.

Esta sua imagem dos varais,me despertou, e acho que, estou voltando a ser humano, novamente!

Obrigado e fico lhe devendo esta emoção!

Um abração carioca.

Mafalda Sofia Antunes disse...

Oi oi Shirley,espero que esteja tudo bem contigo. Tinha saudades de ler os teus poemas,este que colocaste hoje é lindo. Fantástica semana para ti,que o mês de Setembro te traga imensas alegrias. Beijinhos fofinhos!! http://pontodecruzdamafalda.blogspot.pt

Arnoldo Pimentel disse...

Um novo dia no varal que leva a noite ao esquecimento.Parabéns.

Maria Rodrigues disse...

Que seja um amanhecer de paz.
Belissimo poema.
Beijinhos
Maria

JAIRCLOPES disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
JAIRCLOPES disse...

Limerique

Era uma vez um pórtico janela
Onde se via cores tal aquarela
De um lado a poeta
Admirando quieta
Alvorada nunca vista aquela.

LUZ disse...

Oi, minha querida poeta!

Que doce e sábio jogo de palavras.

Você tem a natureza, no seu olhar e nas mãos, a capacidade de realizar grandes obras, como esta.

Boa semana.

Beijos da Luz, com apreço, estimada Shirley!

ONG ALERTA disse...

Um encanto....
Beijo Lisette.

S.A.D.E.FILIAL VILLA MARIA disse...

Muy bonito y original poema. ¡Felicitaciones de la Sociedad Argentina de Escritores Filial Villa María- Córdoba. Un cordial abrazo.

Bruxa disse...

Gostei do poema e achei interessante o uso da imagem.
Abraços.

José Carlos Sant Anna disse...

A poesia permite sempre dizer o indizível... É o que você faz tão bem, Shirley.
beijos,

Marco Rocca disse...

Simplesmente um arraso, adorei!

Benno disse...

me faz lembrar ainda
de varandas, jardins e quintais
sob a luz dos meus amanheceres

beijos

Existe Sempre Um Lugar disse...

Olá,
cada palavra formam as lindas frases.
encantado com a criatividade.

ag

Élys disse...

Sempre, um lindo poema, aqui encontramos.
Beijos.

Diamantina Bica disse...

Lindissimo o poema!
suave e calmo
Bjs

Vera Lúcia disse...


Olá querida,

Obrigada pelo carinho da visita.
Ótimo final de semana.

Aproveitei para reler o seu belo poema.

Beijo.

Nilson Barcelli disse...

Entre outras coisas, aprecio a serenidade e a clarividência da tua poesia. Nada fica por dizer e não tens nem sequer uma palavra a mais neste poema. Brilhante.
Shirley, querida amiga, tem um bom fim de semana.
Beijo.

Dorli disse...

Oi Shirley,

Passando para lhe desejar uma ótima noite e um bom domingo.
Beijos
Lua Singular

AJ Cardiais disse...

Shirley, estou me sentindo em casa. Estou gostando dos seus poemas. Mario Quintana disse que quando gostamos dos poemas de alguém, é porque é da nossa família. Um abraço