CLICK HERE FOR BLOGGER TEMPLATES AND MYSPACE LAYOUTS »

SINO DO VENTO

Nº DE ACESSOS DESDE 22/11/2010

contador de visitas

NEFERTITI

NEFERTITI

Amigos Caminhantes

POSTAGENS RECENTES

KYPHI PARA ILUMINAR OS SONHOS

KYPHI PARA ILUMINAR OS SONHOS
incenso egípcio

ASFALTO DAS HORAS RECEBEU O SELO DA VEJABLOG - OS MELHORES BLOGS DO BRASIL

ASFALTO DAS HORAS FAZ PARTE DOS MELHORES BLOGS CULTURAIS

http://meublogtemconteudo.blogspot.com/
Obrigada por visitar e comentar as postagens

CADASTRE-SE E RECEBA AS ATUALIZAÇÕES NO SEU E-MAIL

Seu e-mail:

Delivered by FeedBurner

15 de setembro de 2013

PARECE UTOPIA


Quisera ser pura em essência
estar no plano psíquico
entre o céu e a terra
tendo impressões intuitivas
ao perscrutar os mistérios universais.
Assim estaria mais perto
do limiar das grandes mudanças
e mais distante deste mundo de ilusão
onde através de uma vivência desnaturada
o homem continua estático
em relação à evolução do seu espírito.
Trilhando longo e árduo caminho
sou ainda diligente neófito
estagiando nesta dimensão...
Perdida em metafísicas considerações
relaxo
medito
e de repente
pressinto estranho odor
não sei se de incenso
ou de resignação...


Shirley Brunelli Crestana

48 COMENTE AQUI:

Dorli disse...

Oi poetisa Shirley,
Seu poema é deslumbrante, logo que puder vou comprar um livro seu.
Que imaginário lindo! Ficar flutuando entre o céu e a terra, inerte, sem pensar em nada seria muito bom, mas são devaneios...Que delícia!
Beijos
Lua Singular

✿ chica disse...

Que maravilha de intensidade em teus versos! ADOREI! beijos,lindo domingo e semana,chica

O tempo das maçãs disse...

Estar ciente das ilusões já é um grande passo a frente da maioria que dorme em sono profundo...

Poesia maravilhosa.

Beijo.

Samuel Balbinot disse...

Bom dia Shirley. essência todos nós somos e poe essência nisso.. temos tudo isso em nós quando a gente senta e medita a gente alcança outros níveis.. quanto mais sensíveis nós formos mais nosso corpo se remete ao espiritual.. experiencia própria rsrs leia salmo 90 traduzido pelo padre figueiredo.. é um apito para chamar anjos.. faço toda noite bjs

Milton Kennedy disse...

Saudações Shirley, um excelente domingo.
Brinda-nos novamente com outro belo (e profundo) poema. Apreciei muito.

Grande abraço, saúde e paz.
Despeço-me com uma frase do Irmão José:
"Se te transformares num foco de luz, extinguirás a sombra em torno"

Maria Rodrigues disse...

Uma belissima utopia, adorei seu poema.
beijinhos
Maria

teca disse...

Parece utopia...

Beijos.

Pedro Luis López Pérez (PL.LP) disse...

Esa Utopía que nos permite estar entre el Cielo y la Tierra y que dura tan poco tiempo esa entrada en esta infinita dimensión.
Preciosa Entrada.
Abraços e beijos.

Marco Rocca disse...

Lindo este poema amiga. Mas saiba, as vezes sinto vontade de me desgarrar de tudo e definitivamente... Aplausos!

Diamantina Martins disse...

Shirley na verdade neste mundo tão avançado em tecnologias... A evolução do espirito parece estagnada de uma forma gera
Abraço

JAIRCLOPES disse...

Limerique

A poeta longe de qualquer resignação
Propõe voo lírico a outra dimensão
Quer trespassar o limite
Aquele que não permite
Observarmos bem além da criação.

Evanir disse...

Como passageiros no trem da vida,
tantas coisas marcam a nossa existência,
comovem o nosso ser,
elevam nossa alegria .
A vida é feita pra viver, se arrepender,
pedir perdão, rir, chorar, brincar,
cair, levantar, ser feliz.
Comece você a iluminar, a modificar,
a permitir que a paz flua através de você.
Deixe que a fonte divina jorre sobre tudo,
que nosso coração seja uma fonte de amor
abençoando vidas através da nossa fé em
Deus.
Obrigada pelo carinho na minha ausência
obrigada pelo carinho pela passagem
do meu aniversário.
Que, Deus permita estar por mais alguns anos
recebendo esse carinho , que me deixa feliz.
Uma abençoada semana beijos
no coração afagos na sua alma , Evanir.
Querida vou deixar meu email , pois desejo adquirir o livro: Asfalto Das Horas.
evanir_garcia@hotmail.com
Eu preciso apenas saber qual banco fazer o deposito e após vc confirmar pagando enviar -me seu livro no endereço , que enviarei a você.
Desde já agradeço , Evanir.

Claudio Chamun disse...

A utopia é um desejo a ser alcançado.

Carla Ceres disse...

Delicado, bonito à beça e com um final impecável. Você nasceu pra escrever poesia, Shirley. Beijos!

Henrique ANTUNES FERREIRA disse...

Shirleyamiga


Vogando pela blogosfera, sem rumo definido, encontrei-te. Vim até cá – e gostei. Ainda que seja mais para a Prosa do que para a Poesia, senti-me bem aqui, com este estranho odor
não sei se de incenso
ou de resignação...


Se não tivesse gostado, também to dizia. Sou pão, pão, queijo, queijo; ou como na tropa aprendi: serviço é serviço; conhaque é… conhaque.

Vou a caminho dos 72 aninhos. Sou virgem (20/09/41, para efeitos de prenda…) mas tenho, temos, a Raquel e eu, três filhos, três noras/filhas, quatro netos e uma neta. E vamos fazer 50 anos de casado. Bodas de ouro? Nada, não. Na verdade, bodas de felicidade.

Gosto de ser brincalhão e brejeiro com quem mo merece – e mo permite e me responde no mesmo tom. Mas não sou malcriado. A minha Travessa do Ferreira (http://aminhatravessadoferreira.blogspot.com ) pode ser o exemplo do que adoro gozar: enfim, sou um velhote que persiste em ser jovem… da cabeça. E também posso ser encontrado no Pulhítica ou Política http://pulhitica2.blogspot.com

Como aqui vim e como Amor com Amor se paga, espero por ti, pelos teus comentários e pela tua (per)seguição. O mesmo já aqui fiz, ou seja: já faço parte dos teus seguidores. Podes entrar na minha Travessa que então será também tua. Isto é, nossa. Não pagas portagens, não te cobro impostos, incluindo o IVA a 23%.

Peço-te desculpa deste escrito que é maior do que a légua da Póvoa; mas tentei meter o Rossio na rua da Betesga e aqui está o desastroso resultado. Enfim, eu sou realmente assim, maluco e orgulho-me de o ser. Sou mais de prosa, mas gosto também de poesia e de quando em vez faço umas quadras, uns sonetos, ou seja coisas do antigamente…

Qjs = queijinhos = beijinhos

Henrique

Henrique ANTUNES FERREIRA disse...

Shirleyamiga

Desculpa a recaída mas, mesmo sem te ter pedido, creio que me permites deixar um

RECADO Á CARLA CERES

Desapareceste, nunca mais foste à nossa Travessa. Porquê? Tratei-te mal? Insultei-te? Ofendi-te? Creio que não. Mas, se for preciso, peço-te desculpa do mal que te não fiz...

Qjs

Henrique

Vera Lúcia disse...


Olá querida e doce amiga,

Parece mesmo utópico, mas pelo menos por instantes poderemos alcançar este estado de graça através de uma gostosa meditação.

O processo evolutivo é lento e alguns seres parecem mesmo ter parado no tempo com suas conquistas evolutivas. Ainda bem que não se retrocede neste processo, caso contrário estaríamos à beira do caos. Mas acredito que a resignação merece ser rejeitada pelo nosso espírito desiludido, pois as mudanças hão de acontecer. Tenhamos fé e continuemos na luta pelo nosso crescimento. Assim poderemos iluminar os caminhos para aqueles que ainda estão perdidos de si próprios.

Lindo!

Beijo.

José Carlos Sant Anna disse...

Essa transcendência desejada abre-se como uma flor de luz, cálida, suave, num respirar de velas...
beijo, Shirley!

Nilson Barcelli disse...

A pureza é utópica no ser humano, até porque o seu espírito, se não está estático, está errante e/ou a dar passos ainda titubeantes.
Gostei de ver-te "perdida em metafísicas considerações". És sublime... O que serias se não te perdesses... rsrs...
Shirley, tem uma boa semana.
Beijo.

LUZ disse...

Oi, minha querida poetisa, Shirley!

Tudo bem com você?

Gosto muito quando você me visita e deixa palavras, que só você sabe falar e personalizar.

Todos temos nosso momentos de utopia, que acho que até nos fazem bem. Saltamos para fora de nós mesmos.

Adoro divagar, parece que assim consigo alcançar, mais depressa.

Amei, amo sempre suas palavras, por vezes, esotéricas, mas cheirando muito a sentimento com incenso.

Boa semana.

Beijos da Luz.

✿ chica disse...

Adorei saber da tua hora.Lindo!! beijos,chica e tudo de bom!

Zizi Santos disse...

É bom estar aqui e apreciar teus lindo escritos!
é de muita sensibilidade!
bj de boa noite
Zizi

Severa Cabral(escritora) disse...

SAUDADESSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSS
ESSA É A PALAVRA QUE TRAGO NO CORAÇÃO.
ESTOU CHEGANDO DE VEZ PARA ME DELICIAR DE SUAS LINDAS POSTAGENS ...
SEUS TEXTOS É MAIS UM QUE VC DEIXA ESCAPAR SUA INTELIGÊNCIA ...
GRATA PELO CARINHO QUE VC SEMPRE DEIXOU LÁ NO MEU CANTINHO.SEU CARINHO É A EXPRESSÃO DO QUANTO TENS GUARDADO NA ESCRITA ...BJSSSSSSSSSSSSS

O Sibarita disse...

Ô dona moça! kkkkkk Então é isso, o incenso, a resignação, a caminhada, os céus e os amores, repare o metafísico, né não? kkkkkkk

Mas, todos vivemos assim nessa dimensão do saber ou não saber dos porquês! kkkkkkkkkkkk

E nNo caso fico Zen! kkkk

Zen...

Os meus mistérios estão nos céus...
Vim do além em nave transcendental,
trago sutilezas de reencarnações passadas,
o espírito é célico, é luz, luz suave!
Tenho o fascínio da genética,
o meu zen é visionário, é a espiritualidade.
A minha caminhada é de aprendizados,
gênese da alma em plumas luminares.
O movimento é dos astros, a razão é cósmica
no espectro lunar, transparência nos detalhes...
Minhas visões são apocalípticas,
ondulações interplanetárias, planos realistas
de origens celestial estereotipada!
Meu astral é em megatom, astro candente
fluído das estrelas, mistérios planetários
no espaço retórico de reflexões ascendentes!
Meu planeta é safira, minha nave é turmalina,
estou nos cristais, meu zênite são orações,
a velocidade é da luz, o cometa é topázio,
minha pedra vem do crisoprásio,
venho da espiritualidade.

Meu caminhar é na luz
sob o signo da felicidade!

O Sibarita

Cadinho RoCo disse...

Quando espírito fica inquietado melhor agir.
Cadinho RoCo

O Árabe disse...

E o que existe, Shirley, de mais maravilhoso que a utopia? :) belo texto, bom resto de semana!

Orvalho do Céu disse...

Olá, querida Shirley
Seja qual for o odor, vc terá a consciência reta e é isso que conta mais...
Lindo poema!!!
Bjm de paz e bem

Dorli disse...

Boa noite poetisa
Passando para lhe desejar uma linda noite
Beijos
Lua Singular

Marcio Alves disse...

Oi poetisa..
Gostei muito do seu blog e estou te seguindo tá.. te acompanharei daqui por diante..

Também gostaria de te convidar a conhecer o meu blog.. -http://www.marciooalves.com

te espero no meu cantinho

Abraços

lis disse...

Oi Shirley
Obrigada pela presença .
Bonita poeta! só pode ser ''pura em essência ' quem faz versos tão bonitos!
deixo abraços

LUZ disse...

Oi, querida!

A "menina" Shirley naufragou, porque voltou, e eu sofro de utopia, que é "coisa", que muito me alivia.

Lindo dia, com amor.

Beijos carinhosos, da Luz.

Cidinha disse...

Bom dia amiga. Que posso dizer dessa belissima inspiração!! È pura essência essa viagem em alçar o céu. Estado de graça que poucos conseguem. Adorei! Permaneça sempre assim. Bjos e todo carinho sempre!!

Sor.Cecilia Codina Masachs disse...

Buenas tardes mi querida Shirley, sin duda nos deja una buena reflexión en sus letras.
No hay que perder la esperanza del cielo, ello nos hace caminar en el amor y que no sea una utopía. Hay una gran perdida de valores humanos y morales en nuestras sociedades, pero a pesar de ello, hemos de luchar para dar ejemplo a los demás, que el cielo está dentro de nosotros mismos con nuestra fe y buen hacer.
Con ternura le dejo un beso.
Sor.Cecilia

Rovênia disse...

É de resignação mesmo, Shirley. A vergonha paira no ar e a falta dela também! Beijinhos! :)

Existe Sempre Um Lugar disse...

Boa tarde,
Pura essência na bela poesia que encanta, parabéns pelo seu excelente dom em poetizar.

ag

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Oi Shirley,que poema deslumbrante.
Digno de aplausos para uma excelente poetisa.

bjs amiga e obrigada da visita
Carmen Lúcia-mamymilu.blogspot.com

Sotnas disse...

Olá Shirley, e que tudo esteja bem!

Concordo quando diz que tecnologicamente o homem muito evoluiu, mas a essência humana realmente parece ser a mesma, apenas alguns desejando parecer diferentes, enfim, é o homem e suas escolhas, e todos fazem parte desta natureza, assim nós sofremos as consequências das escolhas de alguns homens, mesmo sem concordar!
Mas por cá sempre tem sido deveras prazeroso passar, teus belos poemas que fazem pensar e as belas imagens que me fazem encantar, e assim agradecido somente posso eu desejar, que teu viver seja de intensa e deveras felicidade, e obrigado por compartilhar, e pelas visitas e comentários gentis que deixa sempre que passa por lá, um grande abraço, e, até mais eu cá voltar!


Vera Lúcia disse...


Olá querideza,

Um abraço também carinhoso para você.
Obrigada!

Beijosssssssssss.

:.tossan© disse...

Belo poema, gosto muito da sua poesia. Ela me deixa pensativo e confortável! Beijo

Carlos Hamilton disse...

Olá Shirley, que texto maravilhoso.

Abraços

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Querida amiga

Quando a alma tem fome de beleza,
chegar aqui,
sentir as palavras e o seu perfume,
é encontrar o doce alimento da
alegria...
Alimento que me renova as energias,
quando muito já silenciou pelos caminhos...

A amizade é o alimento da esperança.

© Piedade Araújo Sol disse...

utopias, ou simplesmente enigmas (nossos)

obrigada !

bom fim de semana.

beijo

:)

heretico disse...

como um diamante lapidado - belo!

beijo

AC disse...

Shirley,
Por mais que nos elevemos, nada somos se o gesto não for colectivo.
(Gostei da descrição desse estado de alma)

Beijo :)

Nilson Barcelli disse...

Shirley, voltei para te reler e para te desejar um bom fim de semana.
Beijo.

Pérola disse...

Espero que seja um trilho de luta e não resignação.

Tudo de bom!

Beijinhos

Maria Alice Cerqueira disse...

Querida amiga,
Saudades!
Um lindo dia para você, coberto de muita paz e amor!
Com carinho
Abraço amigo!
Maria Alice
Htts://www.facebook.com/mariaalicefcerqueira
Blog http://www.mariaalicecerqueira.com/
Site http://www.mariaalicecerqueira.com.br

manuela barroso disse...

Ah querida Shirley, um tão belo poema que tem tanto de belo como de verdadeiro.
Os Ruídos não deixam que outros planos nos invadam os sentidos para nos apercebermos de outras realidades.
Muitos bjis!