CLICK HERE FOR BLOGGER TEMPLATES AND MYSPACE LAYOUTS »

SINO DO VENTO

Nº DE ACESSOS DESDE 22/11/2010

contador de visitas

NEFERTITI

NEFERTITI

Amigos Caminhantes

POSTAGENS RECENTES

KYPHI PARA ILUMINAR OS SONHOS

KYPHI PARA ILUMINAR OS SONHOS
incenso egípcio

ASFALTO DAS HORAS RECEBEU O SELO DA VEJABLOG - OS MELHORES BLOGS DO BRASIL

ASFALTO DAS HORAS FAZ PARTE DOS MELHORES BLOGS CULTURAIS

http://meublogtemconteudo.blogspot.com/
Obrigada por visitar e comentar as postagens

CADASTRE-SE E RECEBA AS ATUALIZAÇÕES NO SEU E-MAIL

Seu e-mail:

Delivered by FeedBurner

27 de fevereiro de 2013

MORTE DO POEMA



Sobre a mesa fria
agoniza o rascunho de um poema.
Não importa se nuvens sonâmbulas agouram
sobre suas palavras sem métrica e sem rima.
Penetrante
é o odor fúnebre das rosas exuberantes
do vaso que espreita no canto da desesperança.
Com gosto de insônia
a eternidade marca presença
e não impede que uma dor indefinível
escape do meu olhar ausente...
Agora
necessito ser perdoada
pelo som do relógio e pela luz das estrelas
por abandonar à própria sorte
a poesia inacabada...


Shirley Brunelli Crestana

26 COMENTE AQUI:

✿ chica disse...

Linda poesia e sempre é tempo de começar a reescrever...beijos,chica

Wanderley Elian Lima disse...

Forte, pesado, porém um belo poema.
Bjux

Severa Cabral(escritora) disse...

Bom dia minha amiga fidalga !!!!!
Amiga cheia de adjetivos que te faz uma escritora das palavras que engrandece a literatura...aplausos pela linda poesia ...
bjsssssssss

Severa Cabral(escritora) disse...

Bom dia minha amiga fidalga !!!!!
Amiga cheia de adjetivos que te faz uma escritora das palavras que engrandece a literatura...aplausos pela linda poesia ...
bjsssssssss

Élys disse...

A poesia inacabada proporcionou um belo poema.
Beijos.

Patrícia Pinna disse...

Boa tarde, Shirley. ADOREI O SEU BLOG E SEUS POEMAS!
Já estou entre os seus amigos com muito prazer.
Seus escritos carregam a sensibilidade e simplicidade.
Tenha um dia de paz e beijos na alma!

Pedro Luis López Pérez (PL.LP) disse...

Por supuesto que serás perdonada por esta Poesía inacabada y premiada por tan bella composición empezada.
Abraços e beijos.

Fernando Santos (Chana) disse...

Belo poema...Espectacular....
Cumprimentos

ONG ALERTA disse...

Marcante....beijo Lisette.

Lua Negra disse...

Que tenhamos sempre tempo de novos recomeços.

Tenha um dia lindo amiga.
Beijinhos de estrelas.
Lua

edumanes disse...

Bom dia e boa quinta-feira, desejo para você, amiga SHIRLEY, e obrigado pela sua visita. A qual sempre muito agradeço.

Li o seu lindo poema
Sobre a mesa fria
Cuja morte é o tema!

Um beijinho
Eduardo

Carla Ceres disse...

Bonito demais, Shirley! Sinto algo parecido quando abandono um conto inacabado. Os poemas guardo pra continuar depois. Ou seja, engano a mim mesma dizendo que continuarei. :) Quando você tiver um tempinho, me manda um e-mail contando um pouco sobre o nióbio. Fiquei curiosa. Beijos!

Vera Lúcia disse...


Shirley querida,

Seus poemas me encantam, pois sempre exalam a sensibilidade que vejo em você.

Este é um poema tenso, intenso e magnífico.

Beijo.

Nilson Barcelli disse...

Às vezes acontece o ppoema ficar inacabado à nossa espera...
O que não é o caso do presente poema, pois está acabadíssimo e é excelente.
Um beijo, minha querida amiga.

Anne Lieri disse...

Nossa Shirley,que maravilhosa essa poesia! Comovente essa poesia inacabada!bjs,

Pérola disse...

Que lindo poema.

Beijinho

manuela barroso disse...

Será porque no estar inacabado se torna mais bela poesia ainda?
Asfalto! Não! Um verdadeiro caminho com tapete de verdura tão bela!
Gosto muito do que escreves, Shirley!
Beijinho, querida

Fred Caju disse...

Ótimo. tenho queda por metapoesia. Abração!

Lourdinha Vilela disse...

POESIA, mesmo que inacabada é sempre começo, meio e fim.
Super sensível,bjs. amiga

Tunin disse...

Uma bela peça poética.Emocionante.
Abraços.

Luciana Crestana N.Lima disse...

Lindo e profundo poema,adorei....bj

Vera Lúcia disse...


Shirley querida,

Obrigada pelo carinho dos cumprimentos por ocasião do meu níver.
Adorei vê-la por lá.

Beijão.

Nenzito (José Maria Gonçalves) disse...

Maravilhoso! Seu blog continua lindo e, por isso mesmo, tocante!

O Árabe disse...

Triste sorte! Mas, como a vida, ele renascerá até que concluído esteja. Belo texto, boa semana!

Nilson Barcelli disse...

Passei para te ler...
Shirley, minha querida amiga, tem uma boa semana.
Beijo.

MARILENE disse...

Os poemas não morrem, são apenas interrompidos antes de serem concluídos. Muito belo! Bjs.