CLICK HERE FOR BLOGGER TEMPLATES AND MYSPACE LAYOUTS »

SINO DO VENTO

Nº DE ACESSOS DESDE 22/11/2010

contador de visitas

NEFERTITI

NEFERTITI

Amigos Caminhantes

POSTAGENS RECENTES

KYPHI PARA ILUMINAR OS SONHOS

KYPHI PARA ILUMINAR OS SONHOS
incenso egípcio

ASFALTO DAS HORAS RECEBEU O SELO DA VEJABLOG - OS MELHORES BLOGS DO BRASIL

ASFALTO DAS HORAS FAZ PARTE DOS MELHORES BLOGS CULTURAIS

http://meublogtemconteudo.blogspot.com/
Obrigada por visitar e comentar as postagens

CADASTRE-SE E RECEBA AS ATUALIZAÇÕES NO SEU E-MAIL

Seu e-mail:

Delivered by FeedBurner

8 de setembro de 2012

CORRENTEZA



Um rio de silêncio
corre dentro de mim
e invade o meu insípido viver.
Solidão chega
e umidece os meus olhos
enquanto imensurável cheiro de noite
fere os meus caminhos
onde não vejo
nenhuma pedra
nenhuma rosa
nenhuma luz...

Shirley Brunelli Crestana

18 COMENTE AQUI:

✿ chica disse...

Tristes versos tão lindos!!beijos,tudo de bom,chica e ótimo fds!

Lourdinha Vilela disse...

Lindo! a solidão nos inspira, e a nossa unica companhia é a poesia, mesmo quando navegamos no silencio.
Um bom final de semana Shirley.

Nilson Barcelli disse...

Há correntes assim, mas é sempre possível agitá-las para lhes dar cor e vida... O que nós precisamos, minha amiga, é lutar contra a corrente...
Magnífico poema, gostei muito.
Um beijo.

Zilani Célia disse...

OI SHIRLEY!
TEU TEXTO É MUITO BONITO.
UM MOMENTO DAQUELES EM QUE HÁ DE PENSAR SOBRE AS RAZÕES QUE NOS FAZEM CHEGAR A TAL DESAMPARO...
ABRÇS

zilanicelia.blogspot.com.br/
Click AQUI

Pedro Luis López Pérez disse...

Ese Río de Silencio que nos sumerge en el fango de la soledad.
Triste y Profunda...Preciosa Poesía.
Un abrazo.

Cidinha disse...

Olá, Shirley. Belissimo amiga! Seus versos são de profunda sensibilidade. È só emoção! Deixo um beijo carinho e ótimo domingo. Obrigada pelo carinho!

Luís Coelho disse...

Poesia triste e de desilusão.
Abra mão de tudo isso e deixe o Sol entrar e inundar de luz e calor as linhas da vida e da poesia que nos que oferecer.

Kellen Bittencourt disse...

Oii Shirley, sempre que estamos tristes a chegada da noite é o pior momento, affff, lembro que qdo perdi a minha mãe, chorava sempre no inicio da noite! Bjooosss e ótima semana!

Carla Ceres disse...

Poema belíssimo, Shirley! Prenuncia o nascimento de uma rosa de luz que brotará de silenciosas lágrimas solitárias. Amei. Beijos!

manuela barroso disse...

Porque é que uma poesia triste é a mais bela poesia? Porque o coração está aqui presente, vive nela.
Silêncio,solidões são asfaltos querida Shirley. Mas por vezes abre-se uma clareira, um jardim, um sorriso. Quem sabe uma flor no asfalto! Impossível? Não! Encontrei uma:Você! Sorria!
Ternurento abraço

♥♥♥Ani♥♥♥ disse...

Lindo poema Shirley


Acho que todos nós passamos algum dia por esses momentos de solidão...
Mas ainda bem que passa.


Beijos
Ani

Zilani Célia disse...

OI SHIRLEY!
PASSANDO PARA TE DESEJAR UMA BELA SEMANA.
ABRÇS


zilanicelia.blogspot.com.br/
Click AQUI

Ingrid disse...

as correntes mudam sempre de rumo..
beijos querida..
carinho..

ONG ALERTA disse...

Mudar faz parte....beijo Lisette.

Mari Rehermann disse...

Sempre temos dias de silêncio, dias de tristeza...mas também há dias de alegria, de felicidade!! Tudo é passageiro! Tudo é aprendizado!!
Adorei o poema!!

Beijos de luz!!♥

Malu disse...

Sempre a tristeza a embelezar as palavras...
Uma treva que muitas vezes é mais brilhante do que a luz...
Um grande abraço, minha amiga e meu carinho.
Grata por passar pelo meu cantinho...

Expedito Gonçalves Dias disse...

Melancólico, mas bonito. Ainda bem que não encontrou pedras...
Abraços!

♥♥♥Ani♥♥♥ disse...

Boa noite


Estou passando pra desejar um final de semana maravilhoso, cheio de amor, alegria e felicidade.
Desculpe o recadinho colado, mas esse final de semana vai ser super corrido e não gostaria de ficar sem te visitar aqui no blog.


Beijos
Ani