CLICK HERE FOR BLOGGER TEMPLATES AND MYSPACE LAYOUTS »

SINO DO VENTO

Nº DE ACESSOS DESDE 22/11/2010

contador de visitas

NEFERTITI

NEFERTITI

Amigos Caminhantes

POSTAGENS RECENTES

KYPHI PARA ILUMINAR OS SONHOS

KYPHI PARA ILUMINAR OS SONHOS
incenso egípcio

ASFALTO DAS HORAS RECEBEU O SELO DA VEJABLOG - OS MELHORES BLOGS DO BRASIL

ASFALTO DAS HORAS FAZ PARTE DOS MELHORES BLOGS CULTURAIS

http://meublogtemconteudo.blogspot.com/
Obrigada por visitar e comentar as postagens

CADASTRE-SE E RECEBA AS ATUALIZAÇÕES NO SEU E-MAIL

Seu e-mail:

Delivered by FeedBurner

18 de agosto de 2012

VENTANIA



Sinto-me insegura
quando venta forte assim.
Fecho as janelas do mundo
e encolho-me
recostada nas paredes do medo.
Onde um semideus
ou um herói
para acabar com a insensatez do vento
que maltrata os galhos
e me assusta com certeza?
Onde alguém
cadê você 
para me proteger agora
    da impetuosa  natureza?...


Shirley Brunelli Crestana

27 COMENTE AQUI:

✿ chica disse...

Lindo!!E os ventos da natureza assustam mesmo...

beijos,lindo dia!chica

Pedro Luis López Pérez disse...

En la ventania de la Naturaleza y en la de nuestro interior siempre buscamos a ese alguien que nos protegerá y nos dará calor.
Preciosa Poesía.
Un abrazo.

AC disse...

Shirley,
Esse alguém vive dentro de nós.

Beijo :)

edumanes disse...

Porque se sente insegura
Não é caso para menos
Medonha ventania noite escura
Tristes serão seus pensamentos!

Da beleza que perdura
Quando venta forte assim
Elegância e formosura
Guardada em seu corpo sim!

Este seu lindo poema
Com paixão o escreveu
A beleza como tema
Que a ventania não varreu!

Bom fim de semana para você,
amiga Shirlei Brunelli Crestana,
um beijo,
Eduardo.

Rita disse...

Um belo poema, que os ventos tragam o melhor sempre
Desejo que seu final de semana seja
feliz
Abraços
Rita!!!

Carla Fernanda disse...

E esse mundo que nos assalta Shirley... o que fazer?

Bjos

Expedito Gonçalves Dias disse...

Mais uma linda postagem: A força da natureza só pode ser detida pela força protetora do calor de uma paixão!
Abraços!

Moisés Augusto Gonçalves disse...

Os momentos de recolhimento são muito importantes. São fecundos...!
Beijos,

coresdocaminho - Alice disse...

Oi Shirley, obrigada pela visita, vim conhecer seu cantinho e simplismente amei.
Amo a natureza e ate mesmo o vento, que as vezes assusta, mesmo o vento me encanta.
Bjks e volte sempre que puder.

#*Marly Bastos*# disse...

Que os ventos tragam esse alguém para tirar os medos dos vendavais da sua vida.
beijokas doces e uma boa semana.

Kellen Bittencourt disse...

Olá querida Shirley, sou sua fã, adoro a leveza com que escreve, mesmo qdo se trata de um sentimento difícil vc o torna leve com sua poesia! Adoro! Bjoooooss

Vera Lúcia disse...


Shirley querida,

Tanto os vendavais da vida, interiores ou exteriores, quanto aqueles que provém da força da natureza são assustadores e nos fazem desejar aconchego e proteção.

LINDO!

Ótima semana.

Beijo.

Ailime disse...

Amiga,
Que poema lindo! Os ventos por vezes amedrontam mesmo mas trazem mensagens na sua voz.
Eu gosto de ouvir a voz do vento!
Grata pela sua visita e tão generoso comentário no meu canto.
Linda semana.
Beijinho, Ailime

ValeriaC disse...

Lindos versos...tão bom quando temos alguém pra nos fazer companhia e nos proteger nos momentos de ventania.
Boa semana amiga, beijos,
Valéria

" ESSÊNCIA ESTELAR MAYA " disse...

Shirley querida,

Que Lindo espaço, iluminado pela energia do Amor e encantado pela sensibilidade de suas palavras, ADOREI!!!

Muito obrigada por sua presença no "Essência" durante o período em que estive de férias, fostes muito carinhosa comigo!

Tenhas uma semana muito abençoada, e um grande beijo em seu coração!!!

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Querida amiga

As palavras
que trazem em si,
perfume de vida,
escrevem e se reescrevem
no olhar de quem as lê.

A amizade é o templo
da alegria.
E que assim seja
para sempre em sua vida.

Aluísio Cavalcante Jr.

Ingrid disse...

carinho da proteção em teus versos.
muito ais que ventos..
beijos querida..
boa semana.

Sotnas disse...

Olá Shirley e que tudo esteja bem contigo!

Belo poema, como sempre encontro por cá, nas poucas vezes que por cá venho, desculpe!

Para enfrentar as forças da natureza, somente outra natural força, o amor. Somente o amor, esta outra força natural que nos move é capaz de oferecer proteção a simples mortais feitos nós!

Gosto do encanto e sensibilidade que emprega na elaboração de teus poemas, e assim os torna sempre por demais expressivos os teus pensamentos escritos!

E grato por tuas visitas e amizade eu desejo a você um viver deveras intenso de felicidade, abraços e até mais!

Tatiana Moreira disse...

Olá!
Confesso que tenho me sentido assim...
São perguntas que não calam dentro de mim!
Um abraço com carinho

Carla Ceres disse...

Oi, Shirley! Quando sobrar ventania pro seu lado, bata um papo com ela e mande me visitar lá em casa. Gosto de ventos e tempestades. Beijos!

Élys disse...

As vezes o vento assusta, mas no âmago do seu coração a Luz de uma Bela Rosa lhe protege em toda a sua plenitude.
Beijos

Evanir disse...


Como estava um pouco afastada estou tentando voltar aos poucos
novamente tentando digerir o desconforto que estou passando no momento.
Eu não posso parar muito menos desistir de lutar como sempre fiz.
E a amizade nos da força sempre para continuar nossa jornada.
Nessa rapida visite convido você a ler minha postagem
também dizer se gostou do novo visual da nossa Viagem.
Linda noite beijos no coração,Evanir.
Amiga vc é linda e chique adorei suas fotos.

Rosario disse...

Hola Shirley: bonito poema, gracias por tu compartir.
Un abrazo.

Álvaro Lins disse...

O herói vai aparecer:)!
Belo poema!
Bjo

Marcio Rufino disse...

O título já é sedutor Asfalto das horas. Somando a beleza do espaço e sobretudo dos versos e da canção. Saio daqui encantado e grato. Venho também agradecer o comenta´rio sobre meu hai-kai no blog do Gambiarra Profana. Já lhe sigo com prazer. Convido-a a visitar meu blog pessoal http://emaranhadorufiniano.blogspot.com

Seus coemntários serão muito bem vindos.

Bjs!!!

Lourdinha Vilela disse...

Verdade, nossos medos são como os ventos, nos jogam contra as paredes,
, e nossos heróis podem ser a coragem, força, otimismo e outros para vence-los.
Muito lindo!!
Obrigada pela visita no blog.
Um abraço.
Lu Vilela

Cleia disse...

Shirley maninha, que saudade. Só um pouco sem te visitar aqui e voce faz essa surpresa de "soltar o verbo" e encher o blog de poesias lindas! Diferente de sua noite quente, eu estou a ouvir grilos que cantam em tantos cricris. A noite está amena e promete esfriar. I wish you were here! bjs