CLICK HERE FOR BLOGGER TEMPLATES AND MYSPACE LAYOUTS »

SINO DO VENTO

Nº DE ACESSOS DESDE 22/11/2010

contador de visitas

NEFERTITI

NEFERTITI

Amigos Caminhantes

POSTAGENS RECENTES

KYPHI PARA ILUMINAR OS SONHOS

KYPHI PARA ILUMINAR OS SONHOS
incenso egípcio

ASFALTO DAS HORAS RECEBEU O SELO DA VEJABLOG - OS MELHORES BLOGS DO BRASIL

ASFALTO DAS HORAS FAZ PARTE DOS MELHORES BLOGS CULTURAIS

http://meublogtemconteudo.blogspot.com/
Obrigada por visitar e comentar as postagens

CADASTRE-SE E RECEBA AS ATUALIZAÇÕES NO SEU E-MAIL

Seu e-mail:

Delivered by FeedBurner

17 de março de 2012

PERPLEXIDADE



Há um desapontamento sem nome
escancarado nos meus olhos
e um grito sem amanhã
que violenta minha paz interior...
Nada faz sentido hoje
para esse coração agora de aço
insistente
teimoso
sem-vergonha
que circula em marcha lenta
dentro de todo poema que faço!


Shirley Brunelli Crestana

23 COMENTE AQUI:

Marly Bastos disse...

Shirley bom dia!
A perplexidade há e que você tão bem a colocou. Ela causa essa estranheza no coração e essa estaticidade nos olhos, mas será porque?
Adorei a delicadeza com que poetou.
Beijokas doces e bom fim de semana

AC disse...

Shirley,
A paz interior nunca é conquista definitiva, é, sim, conquista diária.
(Gosto sempre do que escreve)

Beijo :)

Arnoldo Pimentel disse...

A tristeza de hoje pode mostrar o caminho do sorriso do amanhã.Beijos.

Ivana disse...

São fases, passa! Viu?
Bjo!

Fred Caju disse...

Você tirou o gostinho do leitor perceber isso...

✿ chica disse...

Muito linda poesia descrevendo um sentimento...beijos,ótimo domingo,chica

Carla Fernanda disse...

Lindo, lindo!
Um coração aos pedaços,mas querendo ser de aço.... como faço...

Beijos!!

Cida disse...

Às vezes, acontece de não vermos sentido em nada...
Mas, de repente, não mais que de repente, acordamos para a vida, e tudo passa a ter sentido novamente.

Que bom que é assim!
Que bom que somos sobreviventes!
Sempre!!
:)

Beijos pra você, menina, que escreve lindamente.

Tenha um domingo abençoado.

Cid@

Bruno Gaspari disse...

Oi Shirley! Obrigado
por comentar minha poesia.
Li a do seu post acima e
posso dizer que o amanhã
tarda, mas nunca falha...
Nos resta tirar proveito.

Grande beijo =)

Nilson Barcelli disse...

Para além da paz interior, que não é fixa, o coração muda de sentir com alguns ventos...
Excelente poema, gostei imenso.
Shirley, querida amiga, tem um bom domingo e uma boa semana.
Beijo.

Everson Russo disse...

O poema é a mais intensa forma de expressão...beijos de boa semana pra ti amiga.

ONG ALERTA disse...

Buscamos caminhos nesta vida...
Beijo Lisette.

Rui Pires - Olhar d'Ouro disse...

Bonito poema e foto!

bom domingo

Cidinha disse...

Olá, amiga Shirley. È tão lindo e profundo seus versos. Vc se expressa todo o sentimento contido... Obrigada pela partilha! Gosto muito de passar por aqui. Uma linda semana pra vc e todo carinho da amizade. Bjos!

edumanes disse...

Que lindo poema acabei de ler
Mas que penso não ter coração de aço
Teimoso e sem vergonha também não ser
Muito sentido de imaginação ter eu acho!

Desejo para você um bom inicio de semana.
Um beijo
Eduardo.

Everson Russo disse...

Uma excelente segunda feira pra ti minha amiga querida e uma semana repleta de bons acontecimentos...beijos e beijos.

Carla Ceres disse...

Gostei muito da ideia do coração circulando no poema, Shirley. Prometo que não vou roubá-la, mas que tenho vontade, tenho sim. Impulsos poeticamente larápios. :) Beijos!

Vera Lúcia disse...

Olá querida,

Você coloca tanto sentimento em suas palavras que chego a me envolver com elas.

O amanhã poderá trazer um sentido diferente para este coração ora "insistente, teimoso e sem vergonha", mas não de aço.

Lindo e tocante!

Beijos.

Everson Russo disse...

Um dia maravilhoso pra ti minha amiga, repleto de carinho paz e poesia...beijos e beijos.

SOL da Esteva disse...

Shirley, Querida

O tua Paz interior sempre está lá; pode não estar tão "disponível".
O que parece não ter, ou fazer, sentido é a oscilação que o sentir do ser humano tem e não deveria ter.
As ondas do Mar oscilam sem que o Mar deixe deixe de as conter.
Espelha-te nas águas da sabedoria e entenderás o teu sentir.


Beijos

SOL
http://acordarsonhando.blogspot.pt/

Miriam disse...

Olá Shirley Minha Querida,

Muito lindo, realmente a perplexidade nos desequilibra e nos deixa com a sensação e estarmos vivendo totalmente sem um rumo certo...

Boa Noite!!!
1000 Beijokinhas Minhas
1000 Lambidinhas da Khadja

Fátima disse...

O que dizer se o que li foi somente o belo, sendo assim... lindo,lindo!!

Beijos Shirley

Ingrid disse...

tristeza lenta de versos de encantar..
sempre..
beijos linda!