CLICK HERE FOR BLOGGER TEMPLATES AND MYSPACE LAYOUTS »

SINO DO VENTO

Nº DE ACESSOS DESDE 22/11/2010

contador de visitas

NEFERTITI

NEFERTITI

Amigos Caminhantes

POSTAGENS RECENTES

KYPHI PARA ILUMINAR OS SONHOS

KYPHI PARA ILUMINAR OS SONHOS
incenso egípcio

ASFALTO DAS HORAS RECEBEU O SELO DA VEJABLOG - OS MELHORES BLOGS DO BRASIL

ASFALTO DAS HORAS FAZ PARTE DOS MELHORES BLOGS CULTURAIS

http://meublogtemconteudo.blogspot.com/
Obrigada por visitar e comentar as postagens

CADASTRE-SE E RECEBA AS ATUALIZAÇÕES NO SEU E-MAIL

Seu e-mail:

Delivered by FeedBurner

24 de junho de 2011

APOGEU


Como será
quando eu tiver trilhado
todos os caminhos
e vivido todas as vidas?
Quando eu não mais precisar
de grades de proteção
de atitudes ensaiadas
e desta carne emprestada?
Quando eu deixar de ser
o que as fraquezas fizeram de mim
e minha individualidade
minha essência
meu eu
eu tiver encontrado?
Então
como  será
quando eu deixar de ser um viageiro
para ser um recém chegado?
Shirley Brunelli Crestana

28 COMENTE AQUI:

Wanderley Elian Lima disse...

As respostas a essa perguntas são difíceis, mas o tempo se encarregará de respondê-las.
Bjux

Will disse...

Essas perguntas assolam a humanidade desde que o homem se entende por homem. Para respondê-las, criaram-se religiões, filosofias de vida, conjecturas e teorias.
Inútil, mas confortante essas criações.
Bom final de sexta-feira para você!

Maria Alice Cerqueira disse...

Boa tarde amiga
obrigada pela sua linda visita!
As respostas a estas perguntas são muito fáceis e muito difíceis ao mesmo tempo, mas o nosso coração tem as respostas, precisamos crer mais, e não temer o desconhecido. o qual sempre nos faz questionar sobre nossa essência. Somos uma partícula do amor do Nosso Criador!
Tenha um bom final de Semana coberto de muita paz e amor!
Abraço amigo
Maria Alice

Evanir disse...

È incrivel sua semelhança com minha irmã senti uma enorme saudade .
Um feliz final de sema beijos no coração,Evanir.

selma disse...

Oi amiga,acredito que qdo deixamos nosso corpo vamos para outras dimensões,retornamos a nossa origem para um treinamento de nosso espírito e se tivermos que cumprir alguma coisa que ficou para trás temos outra chance....
assim meu entender...amiga amo sempre que me visitas,um final de semana muito lindo para você,beijos de luz.

Ingrid disse...

emocionou-me querida Shirley..
não temos estas respostas,é certo..
beijos perfumados..

cidinha disse...

Olá, Shirley.. È uma grande pergunta amiga! Profunda.Os filósofos, cientistas,as religiões estão sempre debatendo essa questão. Belo post! Vamos nos questionando. Mas creio eu seremos Deuses, perfeito e felizes...bjs. Venha me visitar... Estou oferecendo um mimo com carinho há todos que me visitam. Leve com vc...

Pena disse...

Notável e Simpática Poetiza Amiga:
"...Quando eu deixar de ser
o que as fraquezas fizeram de mim
e minha individualidade
minha essência
meu eu
eu tiver encontrado?
Então
como será
quando eu deixar de ser um viageiro
para ser um recém chegado?..."

Todos os poemas sublimes, como o seu, comportam mensagens preciosas e dignas de registo apurado. Já sumariei este delicioso ser e estar poéticos no meu livro da vida que trago sempre comigo no bolso das minhas calças. Magestoso fruto do seu lindo sentir.
Abraço amigo de parabéns sinceros.
Com respeito.
Sempre a admirar o seu talento imenso.

pena

Bem-Haja, pela amizade.
É fabulosa no que escreve com talento.
Bem-Haja, fantástica poetiza amiga.
Adorei.

Cleia disse...

Maninha, palavras mägicas...gostosas...inspiradoras.
Bjinhos da Alice.

Sueli disse...

Adorei!!!!Bjs

✿ chica disse...

Questionamentos lindos e profundos...Um dia saberemos!beijos,tudo de bom,chica

SOL da Esteva disse...

Shirley

Perguntas e respostas que queremos nos sejam ditas por palavras que não existem.
Como será quando...
Pois, se tudo for( fosse) assim, estaríamos recém chegados ao Céu.
Belíssimo poema. Parabéns.

SOL da Esteva
http://acordarsonhando.blogspot.com/

Anne Lieri disse...

Perguntas que só o grande mistério da vida pode responder!Uma poesia encantadora!Bjs,

Luciana Crestana N.Lima disse...

Acredito que as respostas são nossas atitudes,tentando fazer sempre o bem...linda poesia,muito profunda...bjs

ONG ALERTA disse...

Sim tudo ao seu tempo...beijo Lisette.

Carla Ceres disse...

Querida, Shirley, eu não sei, mas sei quem sabe. Pergunte às gotas d'água, que vivem a experiência de perder a ínfima individualidade quando, chovendo sobre o mar, tornam-se o oceano. Beijos!

Vivian disse...

Bom dia,Shirley!!

Quero saber estas respostas, é o maior sentido da vida evoluirmos...penso que um dia encontraremos todas as respostas que procuramos!
Belíssima poesia!!Adorei!!
Beijos.
Boa semana!

Anônimo disse...

Querida Shirley,bom dia. Eu acho que você gostaria de saber,o que vamos encontrar depois de vivermos todas as vidas e termos evoluído tudo o que precisávamos, não é? Isso ninguém sabe, só Deus. Lindíssimo poema! Helena.

Julio disse...

Também já me fiz essas perguntas...
Mas eu não saberia me expressar em palavras tão bonitas! Lindo poema!

Um beijão do sobrinho!

Lena disse...

Boa noite, Shirley

Esta pergunta é de difícil resposta. Mas a nossa caminhada aqui determinará a nossa chegada nesse novo lugar,com certeza! Lindo texto, que nos deixa muito pensativos. Bjkas, minha linda!

http://alemdasnuvens2011.blogspot.com
http://amadeirado.blogspot.com

Nilson Barcelli disse...

As coisas para mim são muito simples: não acredito noutra vida para além da morte.
Mas o teu poema é muito interessante e traduz, penso eu, um conceito que só faz sentido para quem acredita...
Querida amiga Shirley, boa semana.
Beijo.

Poesias Partidas disse...

Olá amiga Shirley, tudo bem? Passei para deixar um grande abraço e tem selinho de presente para você com todo carinho.

Beijos.

Valter Montani disse...

Shiley,

Grato por sua visita em meu recanto, gostei muito de seu blog, tanto que estou seguindo a partir de hoje, estarei em férias em julho, em agosto volto com novidades, sucesso!
















3

PRECIOSA disse...

Olá, amei conhecer esse espaço de ternura.
Se permites tbm serei mais uma a caminhar contigo...
Te sigo com carinho
Preciosa Maria

♥ Safyra ♥ disse...

Ah, como será?...

Cleia Brunelli disse...

Querida irmã, "viageiro", "recém chegado"...não quero discutir! Somos e seremos sempre ambos!
Bjs pela reflexão...

Patricia Neme disse...

Talvez, a brisa que acarinha os caminhos das manhãs, te possa contar que as estradas são infindáveis, qualquer seja a dimensão. E sempre nos conduzem ao Centro, à Razão de tudo ser.
Beijo procê, viu?

Maria Emilia Xavier disse...

Será lindo amiga.