CLICK HERE FOR BLOGGER TEMPLATES AND MYSPACE LAYOUTS »

SINO DO VENTO

Nº DE ACESSOS DESDE 22/11/2010

contador de visitas

NEFERTITI

NEFERTITI

Amigos Caminhantes

POSTAGENS RECENTES

KYPHI PARA ILUMINAR OS SONHOS

KYPHI PARA ILUMINAR OS SONHOS
incenso egípcio

ASFALTO DAS HORAS RECEBEU O SELO DA VEJABLOG - OS MELHORES BLOGS DO BRASIL

ASFALTO DAS HORAS FAZ PARTE DOS MELHORES BLOGS CULTURAIS

http://meublogtemconteudo.blogspot.com/
Obrigada por visitar e comentar as postagens

CADASTRE-SE E RECEBA AS ATUALIZAÇÕES NO SEU E-MAIL

Seu e-mail:

Delivered by FeedBurner

30 de novembro de 2010

VERNIZ


Você me olha 
e não sabe que sou 
explícita mentira 
mistura de conceitos 
escória da verdadeira essência.
Sou guerreira
perdedora de muitas lutas
pecadora de muitas vidas.
Vivo de ângulos e intenções
momentos
flashes
vontade de ser
de cruzar todas as pontes
de ultrapassar todas as linhas.
Algum dia meu amor
vou lhe dizer que você se ilude
quando me olha e pensa que me vê...



Shirley Brunelli Crestana

Clique no link para voltar ao Asfalto das horas: http://asfaltodashoras.blogspot.com/

29 de novembro de 2010

QUIMERAS



QUIMERAS

Às vezes tenho vontade
de nada pensar
nada esperar
apenas envolver todo o meu ser
num silêncio absoluto
e conhecer
as virtudes de uma santa
a paz de uma nuvem
a resignação de uma planta...


Shirley Brunelli Crestana

26 de novembro de 2010

AGRADECIMENTO




Os seguidores, os visitantes e os envolvidos com a arte de poetar, são fundamentais para a existência desse espaço com cheiro de estrelas.
Agradeço a eles, a delicadeza e as palavras incentivadoras, agora incrustadas com letras de luz no meu espírito.
Sou grata à Mara Bombo, prima querida, que arquitetou e fez acontecer esse cantinho quase etéreo, morada da poesia e dos caros poetas... Amigos que a meu lado caminham há tanto tempo... Cúmplices dos sonhos que cada um de nós carrega nas câmaras, nem tanto secretas, do coração...
A todos que por aqui passaram ou que ainda passarão, quero ofertar uma flor que, apesar de virtual, irá inebriá-los com o influxo de ternas vibrações.
Muito obrigada, amigos!
Gratidão, Mara!
Paz profunda!

Shirley Brunelli Crestana

MURALHA



MURALHA

Pingos cantam em uníssono
caindo cristalinos e líricos
na taça turva da tarde.
Essa cortina de chuva
me protege das sensações efêmeras
justifica adiar compromissos
limita as possibilidades...
Sem nada esperar desse dia cinzento
troco idéias com a eternidade
e acendo archotes
no meu mundo interior.


Shirley Brunelli Crestana

24 de novembro de 2010

RECADO



RECADO

Breve
mandar-lhe-ei uma mensagem
sem ambigüidade ou fantasia
-- sei que você a quer --
escrita numa pétala
pendurada numa estrela
ou sei lá
de um jeito qualquer.


Shirley Brunelli Crestana

23 de novembro de 2010

CERTEZAS


CERTEZAS

Refém de minhas escolhas
distraio-me com a solidão
e não sei do que sentir saudades...
Talvez nostalgia
do que nunca houve...
Viajas agora
na órbita de minha indiferença
e eu sozinha
exercito o silêncio
enquanto invento
o final de minha história


Shirley Brunelli Crestana

URGÊNCIA


URGÊNCIA


É grande a inquietude
e os clamores se transportam
aos quatros cantos do mundo.
o Homem luta contra os donos do poder
que participam da corrida armamentista
e milhares de braços são obrigados
a se furtar ao trabalho construtivo
para se dedicarem a mecanismos geradores
da miséria
da desarmonia
da morte.
Desalentador é o caminho
por onde passa a sociedade moderna
mas
num  futuro próximo
dentro do dinamismo do Universo
a qualquer custo
a humanidade terá que marchar
ao encontro de um novo mundo
de uma nova luz do porvir.


Shirley Brunelli Crestana

SÍNTESE


SÍNTESE

O céu se mostra
escandalosamente azul
ao tocar a pele da manhã.
Logo cedo
ensaio palavras de luz
agradecendo ao Criador
o retorno da consciência
nesse plano de evolução.
Porque estou só
a solidão tenta devorar
o esboço do meu eu
sem saber
que trago no âmago
a bagagem milenar
do que fui
do que sou...


Shirley Brunelli Crestana

SIMPLICIDADE



SIMPLICIDADE

Venha comigo
e sente-se ao meu lado
nessa cadeira de vime.
Aqui onde estou
o céu é sempre enluarado
e cheio de estrelas.
Podemos sentir
a energia da natureza
e o ressonar dos passarinhos
no arvoredo do quintal.
Venha
entenda os meus sentimentos
escute o meu coração.
Juntos seremos capazes
de ouvir a música das esferas
nessas horas altas da noite.
Venha comigo
e tome conta de mim.


Shirley Brunelli Crestana

22 de novembro de 2010

DE UMA NUVEM...


DE UMA NUVEM...
(para o poeta André Bueno Oliveira)

Consciência introvertida
coração habitando as alturas
assim desfruto o legado
dos gênios Haendel, Bethoven, Verdi,
Schumann, Mozart, Bizet, Bach,
Mendelssohn, Brahms, Mascagni
e tantos outros criadores da arte eterna.
Difícil manter o elo
entre o mundo físico e o subjetivo
ao mover-me em câmera lenta
em íntima harmonização com o universo
dentro do próprio peito.
As janelas da alma
abrem-se desesperadas
e meu ser psíquico alça vôo
para além dos sentidos
pelo espaço sem fim
enquanto
entre goles de solidão
me enlevo com as clássicas
que o poeta gravou para mim.

Shirley Brunelli Crestana

DETALHE




DETALHE

Cintila o sol
acendendo matizes
no cenário da tarde.
Porém,
seu colorido insinuante
não me alcança a alma sombria.
Não é negligência de sua luz
é indiferença minha.
Naufraguei numa sensação
de tudo acabado
alma ao relento
cansada da lida...
A culpa é só minha
deixei de ver as cores
deixei de sentir a vida...

Shirley Brunelli Crestana

SINA


SINA
A disritmia do meu relógio
abalou o ritmo do tempo
e eu flutuo
como ponteiro perdido
no ritual inconsciente
da vida...

Shirley Brunelli Crestana

MEMÓRIA


MEMÓRIA

Reservo-me
para o próximo século
e no meu espírito
guardo todas as estrelas.
Estranha lembrança de risos
depositada na luz da manhã.
Ficam os sonhos adiados
no tempo que brinca
indo e vindo
num frio relance
fluido azulado...


Shirley Brunelli Crestana